27/03/2020 às 14h14min - Atualizada em 27/03/2020 às 14h14min

Operação da Segup impede que embarcações de outros estados entrem no Pará | Portal Obidense

Grupamento Aéreo de Segurança Pública e o Grupamento Fluvial fazem as fiscalizações pelos rios e pelo ar

Por: Walmir Ferreira
Informações e foto Agência Pará
Foto: Agencia Pará
PARÁ – Na quinta-feira (26), no final da tarde, uma embarcação de passageiros vindos do Amazonas estava ultrapassando a fronteira do Pará. De imediato, o Graesp deu início às buscas e assim que foi localizada, houve a atuação dos agentes do Grupamento fluvial que chegaram ao local de lancha. Após a ação policial, embarcação e passageiros retornaram para o Amazonas.

O Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) e o Grupamento Fluvial (GFlu), ambos vinculados à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (Segup), continuam atuando para impedir que embarcações, vindas de outros estados, sejam impedidas de ingressar no Pará. A medida segue o decreto governamental que visa impedir a disseminação do novo coronavírus no Estado.

Nesta sexta-feira (27), ainda nas primeiras horas da manhã, uma reunião entre os agentes dos grupamentos, fluvial e aéreo, com o Comando do Policiamento Regional Militar I (CPRM I) definiu o segundo dia de atuação. As fiscalizações se concentraram nas localidades de Faro, Terra Santa, Juriti Velho e fronteira de Inhamundá, pertencente ao estado do Amazonas.

Com o emprego do helicóptero, é mais eficaz e célere a visualização das embarcações. A integração entre as forças de segurança pública proporciona que policiais militares, em lanchas, se desloquem até onde a embarcação está localizada e averiguem se o barco ou navio faz viagens transportando paraenses ou se pertence a outro Estado.
 
De acordo como secretário de segurança pública do Pará, Ualame Machado, a população pode estar ciente de que o trabalho está sendo feito fortemente para orientar a população e tranquilizar a todos que a segurança pública e o controle do novo coronavírus no Pará será mantido.

"Objetivando dar cumprimento ao decreto governamental, o Sistema de Segurança Pública está trabalhando muito fortemente no controle das nossas fronteiras e também dos nossos portos. Nós estamos com equipes na fronteira do estado do Amazonas, por exemplo, contendo a vinda de embarcações de outros Estados, para que não possam adentrar sem controle no nosso território paraense. Nós temos aeronaves, helicópteros, avião, equipe da Polícia Civil, Polícia Militar, juntamente com a vigilância sanitária coibindo qualquer entrada irregular no nosso Estado. Também estamos atuando com o Grupamento Fluvial na orla de Belém e Região Metropolitana fiscalizando embarcações, divulgando nosso serviço à sociedade, orientando além dos portos que circundam a nossa capital", enfatizou Ualame Machado.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
24.0%
9.5%
0.8%
0%
0%
15.6%
1.9%
0.8%
36.5%
1.5%
3.0%
2.7%
1.5%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp