03/08/2017 às 18h49min - Atualizada em 03/08/2017 às 18h49min

Corpo de Bombeiros e Marinha do Brasil intensificam buscas pelos corpos dos 9 desaparecidos no rio Amazonas.

Os profissionais que estão trabalhando no resgates, estão encontrando dificuldade devido ao calado do rio. Família cobram agilidade.

Por: Eury Silva
Foto: Eury Silva

ÓBIDOS - Uma equipe de 9 mergulhadores  do grupo de operações Aquáticas do Corpo de Bombeiros Militar do Pará, com sede em Belém, chegaram no início da tarde desta quinta-feira(03)  em Óbidos para  auxiliarem  nas  buscas pelas 9 vítimas do naufrágio que aconteceu na madrugada da quarta-feira,(2), na região da comunidade Costa do Parú no município de Óbidos, entre um navio cargueiro da empresa Mercosul Line de bandeira Nacional,  com o empurrador e comboio de nove balsas de cargas da empresa Bertolini.

Apesar das evidências da localização da embarcação, somente a pós as primeiras inspeções dos militares no rio que chega a mais de 100 metros de profundida, os mergulhadores poderão realizar os mergulhos de resgate.

"Essa operação de mergulho é bem delicada, pois ela exige um planejamento para que não tenham outros óbitos, trouxemos alguns equipamentos para poder dar uma segurança a mais e facilitar os regastes, pois depois de 60 metros de profundidade não é qualquer mergulho que podemos realizar, por mas que já tenha havido óbitos, temos que ter cuidados para não ocorrer outros, iremos estudar a área, fazer análise para juntos com a empresa, realizar  os mergulhos com  segurança". Falou ao Portal Obidense, o Coronel do corpo de bombeiros do Pará, Alexandre Costa.

Até o fechamento da matéria nem um corpo foi encontrado


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp