31/05/2017 às 16h10min - Atualizada em 31/05/2017 às 16h10min

Francisco Mamede Paixão ou simplesmente Chiquinho Mamede.

Hoje, vamos conhecer um pouco da trajetória de um dos mais conhecidos músicos da atualidade em Óbidos.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - Essa história começa aqui. Nas raízes pauxiaras com grande passagem na capital do Amazonas.

Francisco Mamede Paixão nasceu na cidade de Óbidos no ano de 1966. Filho de dona Enedina Mamede dos Santos e seu Apolinário Paixão, o menino recebeu o apelido carinhoso, de sua genitora, de Francisquinho.

Mais tarde, esse apelido iria sofrer uma pequena mudança, seguida até os dias de hoje.

Com mais cinco irmãos, o pequeno Francisquinho começou a se destacar na área da música e literatura, mas esta é outra história e vamos conhecer na outra reportagem.

Como na década dos anos de 1970 a rigidez era tamanha o pequeno Francisquinho foi obrigado a seguir carreira militar. Aos 18 anos de idade foi para a aeronáutica. Ficou apenas dois anos com o nome de guerra soldado "Paixão". Mas, dois anos depois Francisquinho terminou sua carreira militar e seguiu para o Município de Monte Dourado para dar início a uma nova e tão esperada fase de sua vida. A carreira musical.

Mas, antes do então Francisquinho seguir a carreira musical conheceu uma pessoa com quem teve duas filhas (hoje, a mais velha está com 25 anos e a caçula com 23 anos) do seu primeiro relacionamento.

Foi no município de Monte Dourado que Francisquinho tornou-se Chiquinho.

Mas, os anos em Monte Dourado foram apenas o ponta pé inicial para seu grande sonho, impedido pela resistência dos pais, que viam a carreira musical com olhos críticos.

"Meus pais eram muito rígidos e para eles a carreira musical era tida e vista com boemia. Ou seja, não era o trabalho ou o emprego que desejavam para os filhos." Relata Chiquinho Mamede.

Tida como boemia pelos pais, a carreira musical não engrenou nos primeiros anos de adulto e numa nova cidade. Foi que três anos depois em Manaus, capital do Amazonas, Chiquinho teve enfim a oportunidade e reconhecimento na área que tanto buscou.

Na capital do Estado do Amazonas, Manaus, Franciquinho como era tido pelos pais agora era Chiquinho.

Chiquinho dos Teclados lançou a banda RC3 e começou a tocar nas noites da capital amazonense.

Foram dez e bons anos em Manaus, enfrentando dificuldades, tendo reconhecimento e podendo tornar-se um profissional na área que tanto almejou.

"Eu comprei um teclado e formei uma banda e começamos a tocar nas noites. Começamos assim, o início foi duro, mas dava para fazer alguns eventos."

Dez anos se passaram. Chiquinho dos Teclados enfrentou problemas particulares. Foi então que veio a separação. Uma década longe da sua terra e Chiquinho retornou para sua cidade natal.

Com experiência, porém sem o reconhecimento do trabalho na cidade Chiquinho Mamede teve que recomeçar do zero. No início pegou seu teclado e começou a tocar no Barco Cidade de Barreirinha, com Linha Óbidos - Manaus. Depois tocou também nas viagens do Barco Nadson Geane.

"Quando eu voltei para Óbidos eu comecei a tocar nas viagens dos barcos com linha para Manaus. As pessoas ainda não me conheciam como músico. Mas, o recomeço foi assim. Agradeço pelas oportunidades que tive."

Chiquinho dos Teclados refez sua vida pessoal e profissional. Conheceu uma outra pessoa e com ela teve quatro filhos. Três homens e uma mulher. Sua vida profissional também mudou. Ficou conhecido como "Chiquinho dos Teclados."

Francisco é compositor e já teve sua obra premiada. É formado em teoria musical pela Escola Manoel Rodrigues. É professor de música e toca em eventos culturais e sociais.

Esta é uma parte da vida e trajetória de Francisco Mamede Paixão ou Chiquinho dos Teclados. Aos 51 anos, o músico está com energia renovada para mais 50 anos seja na música ou literatura. Mas, esta é história para outra matéria.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp