15/05/2017 às 10h19min - Atualizada em 15/05/2017 às 10h19min

Moradores da comunidade do São José Operário denunciam lixo despejado por pessoas que não são da comunidade.

O lixo está tomado conta da rua e moradores pedem providências, vários tipos de veículos, carro de passeio, caminhão e até carroça de boi, jogam lixo fora do local apropriado.

Para Portal Obidense
Por: Rafaela Aquino
Foto: Rafaela Aquino

ÓBIDOS - Alguns moradores da comunidade do São José Operário, denunciam a falta de educação e bom senso de algumas pessoas que não tem consciência que “Lugar de lixo é na lixeira” e pedem para os órgãos competentes “providencias”, para os lixos que estão sendo despejados fora da área do lixão da cidade, na estrada que dá acesso ao Porto Cantão.

Segundo moradores são carros particulares de todo tipo e até carroças de boi que despejam lixos na rua. “Tudo o que é de porcaria e despejado lá, agora com essas chuvas que caíram recentemente em Óbidos só fazem ficar pior ainda a situação, deixando águas empoçadas com tudo o que não presta na rua que dá aceso as casas de alguns moradores que abitam nas proximidades do Lixão”. Disse uma moradora da comunidade.

“A nossa situação aqui não é das melhores, infelizmente só temos aqui para morar, mais pedimos aos órgão competentes de nossa cidade, uma providencia deixo bem claro que não e o carro da prefeitura que está despejando esses lixos aqui na rua, são carros particulares que estão fazendo isso, já até pedimos para alguns para não fazerem isso mais de nada adiantou, o engraçado e que tem vigia no lixão, mais não toma a providencia para que esses motoristas entrem no terreno do lixão para despejar esses lixos, a situação ficou pior agora com as chuvas pois a água empoça com tudo o que não presta e essa e a melhor rua que temos, que dá aceso aqui em casa, peço pelo amor de Deus Providencias”. Disse o senhor Francisco, desolado, morador da localidade.

Próximo ao local os moradores são obrigados a conviver com urubus, cachorros vadios, ratos, baratas e outros tipos de animais e insetos que usam o lixo como casa e casulos. A água que passa por lá vira chorume, um líquido podre que causa mal ao homem e a natureza, o fedor de podridão, causando mal-estar e contribuindo, ainda mais para doenças respiratórias. Nesse caso, os menos favorecidos, que já vivem sem qualidade de vida, devido a diferença social e econômica, estão a mercê de uma classe que tem uma situação financeira melhor, que devido estarem despejando lixo em um local não adequado, tiram o direto de outros viverem um pouco mais com dignidade.  O lixo, deve ser despejado em local próprio, é o resto de tudo, faz mal ao homem e ao meio onde ele vive, ninguém pode se dar o direito de ser tão cruel.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp