30/03/2017 às 12h11min - Atualizada em 30/03/2017 às 12h11min

Aconteceu no dia 29 de março, no salão paroquial a Missa dos Santos Óleos, uma das solenidades mais importes da Igreja Católica.

A missa, segue a tradição, desde o século IV, nesta celebração é consagrado o óleo do Crisma e abençoado os óleos dos Enfermos e dos Catecúmenos, os quais são sinais da unidade dos sacramentos Pascais.

Francisco Garcia
SEDCOM
Foto: SEDCOM

ÓBIDOS – A Missa do Santos Óleo é a celebração onde os padres fazem a renovação das suas promessas feitas no dia de sua ordenação presbiteral, diante de Deus do bispo e do povo presente.  

Seguindo o calendário litúrgico, este evento deveria acontecer na quinta-feira Santa, mas na diocese de Óbidos é antecipado em vista de vários fatores; um deles é que neste período que antecede a Semana Santa, os padres estão reunidos no retiro presbiteral, um dos poucos momentos em que se reuni todo o clero da diocese, haja vista, que a realidade local não permite que este momento aconteça com mais frequência, pois a distância entre uma paróquia e outra é muito grande, a maioria não conseguiria retornar no mesmo dia, um vez que todas as paróquias estão com suas programações da Semana Santa, por esses motivos a Missa dos Santos Óleos na diocese de Óbidos acontece antes da quinta-feira Santa, ainda sim, segue todo seu ritual.

A consagração e benção dos óleos, é feita pelo bispo durante a celebração; cada óleo tem a sua importância para os sacramentos da Igreja:

O Óleo para enfermos, é usado no sacramento ministrado aos doentes. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoas no enfrentamento da dor e, inclusive a morte, se for chegada a sua páscoa.

Óleo para catecúmenos, são os que se preparam para receber o Batismo. Este óleo, significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra em seus eleitos e eleitas, libertando-os e preparando-os para o novo nascimento pela água e pelo Espírito.

No Óleo para o Santo Crisma, o bispo faz a mistura de óleo com perfume, significa a plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão e a cristã devem irradiar o bom perfume de Cristo. Também faz o sopro lembrando o vento do Espírito Santo de Deus. Este óleo é administrado no sacramento da confirmação (Crisma) quando o cristão é confirmado na graça e na força do Espírito Santo para viver como adulto na fé. É administrado também no sacramento da Ordem, para ungir os eleitos que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus como presbíteros, conduzindo o povo e santificando-os no mistério dos sacramentos. E na dedicação dos altares, que indica o Cristo na Igreja como pedra angular.

Após a consagração e bênção dos óleos, Dom Bernardo Johannes (bispo da diocese de Óbidos), distribuiu para as os párocos os óleos que deverão ser usados para cada momento como descritos acima.       

No final da celebração, Dom Bernardo aproveitou para apresentar o padre Joaquim Donizette Tomba (dehoniano), recém chegado para ser vigário na paróquia Sagrado Coração de Jesus – Juruti Velho. Foram apresentadas as Irmãs de São Francisco na Providência de Deus também chegadas a pouco tempo a diocese; Ir. Marlene Aparecida Avansi e Ir. Carmem Lúcia de Almeida, assim como outras religiosas e padres que estiveram presentes.   

Além da presença dos padres das diversas paróquias que constituem a diocese, esteve presente também na Missa dos Santos Óleos, Dom Flávio Giovenale (bispo de Santarém). Dom Flávio foi o palestrante no retiro do Clero que aconteceu nos dias 27 a 30 deste, no centro de formação Dom Floriano na Mitra Diocesana de Óbidos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp