18/03/2017 às 15h28min - Atualizada em 18/03/2017 às 15h28min

Valorizando o oeste paraense, um lugar pacato, para visitações para quem busca a tranquilidade e gosta da natureza.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - O vilarejo Jatuarana, distante aproximadamente 25km da sede da cidade de Oriximiná, Oeste do Pará, reserva belezas tão imponentes quanto sua cachoeira com mais de seis metros de queda d'água. Uma beleza cravada no interior da comunidade que vem esculpindo o chão e as pedras, entre curvas estreitas rumo à sua queda.

O ramal da comunidade Jatuarana, formado por dezenas de famílias, reserva um ambiente pacato e de média dificuldade de acesso. São trechos de areia, poças de lama, erosões e ladeiras que dificultam o trajeto do motorista, mas aos aventureiros é a pedida certa de uma boa aventura. Logo no quilômetro 05 o ramal premia os visitantes com um riacho de água fria e tranquila. O líquido de coloração mais escuro desce pela vegetação, desviando-se pelas árvores e pedras até chegar à sua queda, do outro lado da ponte. Um local muito apreciado pelos oriximinaenses e visitantes.

Por se tratar de uma cachoeira aberta ao público, Jatuarana acaba recebendo um grande número de visitantes que se deleitam entre o verde e as águas frias do riacho. Quem prefere tranquilidade pode desfrutar deste lado da ponte e admirar a força da água abrindo caminho entre as pedras. Um caminho traçado centenas, milhares de anos atrás.

Um lugar convidativo à beira da estrada nem tão distante, nem tão perto. Mas, para os sedentos viajantes a distância menos importa quando ao final da viagem um belo riacho de águas frias o esperam sob a sobra das árvores.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp