20/10/2015 às 14h02min - Atualizada em 20/10/2015 às 14h02min

Mototaxistas obidenses participam de curso especializado para regularizar a profissão.

Desde julho de 2015 a Prefeitura de Óbidos busca meios para viabilizar a realização do curso no município como forma de assegurar a legalidade da prestação do serviço

Martha Costa – PMO - ASCOM
Foto: Divulgação

ÓBIDOS - Iniciou na noite de ontem, 19 e prossegue até o próximo dia 25 de outubro, domingo, o curso especializado para mototaxistas no município de Óbidos. O curso é uma das exigências do Conselho Nacional do Trânsito (Contran), na Resolução 350/10, segundo a Lei 12.00.9, que regulamenta o exercício da atividade de mototaxista no Brasil. Em Óbidos, apenas 22 mototaxistas participam do curso que possui carga horária de 30 horas e que é acompanhado pelo Departamento de Trânsito do Pará (DETRAN) e ministrado pelo Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizado do Transporte (Sest/Senat), com apoio da Prefeitura Municipal de Óbidos.

Na região o curso é ministrado apenas na capital do estado e em Santarém, porém é necessária a autorização do DETRAN para abertura de turmas. De acordo com o instrutor do curso, Antônio Erson, só podem ser considerados condutores legalizados os mototaxistas que possuírem o curso que tem validade nacional. "A vinda do curso para Óbidos é antiga e agora está se concretizando, infelizmente nem todos estão participando, e esse é um curso obrigatório para que se um transporte seguro de pessoas e quem não possuir o curso certamente não está hábil a trabalhar", enfatizou o instrutor.

Segundo o secretário de Governo de Óbidos, Júlio Maciel, a iniciativa da Prefeitura foi viabilizar a vindo do curso para o município como forma de garantir um número maior de participantes. "Todos sabemos da dificuldade que um trabalhador enfrenta ao deixar sua família para fazer um curso fora do seu domicilio, e a nossa ideia era justamente assegurar a vinda do curso para que um número maior de mototaxistas pudesse participar. Infelizmente nem todos puderam participar e agora e tentar fixar essa parceria e no futuro garantir um maior número de mototaxistas legalizados no município", disse o secretário.

O curso é ministrado no auditório da Escola Municipal Dom Floriano das 18h30 às 22h. Podem realizar o curso de mototaxista especializado motociclistas maiores de 21 anos, portadores de habilitação na categoria "A" por pelo menos dois anos, que estejam com a documentação em dia e que não tenham se envolvido em graves ocorrências de trânsito.

Martha Costa – PMO - ASCOM


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp