30/03/2016 às 16h53min - Atualizada em 30/03/2016 às 16h53min

Pesca do acari e tambaqui será liberada no final de março

Nos dias 30 e 31 encerra o período de proibição da captura e comercialização das duas espécies.

Por: Érique Figueirêdo
Foto: Arquivo/Portal

ÓBIDOS – O período do defeso do acari e do tambaqui encerrará nos dias 30 e 31 de março. A captura do acari será a primeira a ser liberada pelos órgãos de fiscalização, no dia 31, já o defeso do tambaqui encerrará a meia noite do mesmo dia, Na próxima sexta-feira (1), a pesca e a comercialização das duas espécies já serão permitidas.

O departamento de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Óbidos (Semma), realizou nos últimos cinco meses, várias fiscalizações nos rios, lagos e nos pontos de comercialização da cidade, para atender a determinação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais e Renováveis (Ibama), que afirma que o período do defeso é

necessário para assegurar a reprodução das espécies.

Mesmo com os trabalhos de conscientização da população que são realizados através do projeto Pescando Cidadania, os fiscais da Semma efetuaram diversas apreensões nos últimos cinco meses. As maiores apreensões ocorreram no mês de fevereiro deste ano, quando 71 quilos de acari e 300 de tambaqui foram apreendidos em um mercado, localizado no bairro Cidade Nova. “Ocorreram diversas apreensões no rio, em mercados e em alguns pontos de vendas espalhados pela cidade. No interior, graças a Deus a gente conta com a ajuda dos moradores das comunidades através das denúncias, mas existem também as pessoas que avisam por telefone as nossas ações e facilitam a fuga de quem está pescando irregularmente, isso dificulta o trabalho, mas na maioria dos casos conseguimos lograr êxito”, informou Derivaldo Biá, chefe de fiscalização da Semma.

O departamento de fiscalização do órgão ambiental não informou o valor total das multas aplicadas nas operações que resultaram nas apreensões. Em alguns casos materiais de

pesca foram apreendidos e os responsáveis foram multados como determina a lei.

Apesar da liberação da pesca do tambaqui a partir do dia 1 de abril, a Semma continuará monitorando a pesca, para avaliar o tamanho do pescado que está sendo retirado do rio, já que a lei estabelece que o tamanho mínimo é de 55 centímetros. “Vamos continuar realizando esse trabalho de fiscalização por conta do tamanho mínimo do tambaqui que é estabelecido por lei, com isso iremos garantir também a qualidade do peixe que é ofertado a nossa população”, garantiu Derivaldo. 

Com a liberação da pesca das duas espécies, a Colônia de Pescadores de Óbidos Z-19, estima que uma boa quantidade de acari e tambaqui, cheguem aos mercados da cidade até o fim de semana.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp