28/11/2017 às 18h08min - Atualizada em 28/11/2017 às 18h08min

Em Óbidos, alunos que estudam no IFPA, continuam pedindo ao poder público, iluminação no trecho que dá acesso ao Instituto.

Por: Eliando Junior
Foto: Elialdo junior - sessão Camara dos vereadores desta terça-feira

ÓBIDOS - Há tempos, os alunos do Instituto Federal do Pará - IFPA, Campus Óbidos, Oeste do Estado estão convivendo com a escuridão total durante o período noturno. Sem iluminação pública no trecho, popularmente conhecido como "Baixa Funda" os alunos solicitaram apoio do Poder Legislativo para tal fim.

Cerca de 40 dias atrás, o vereador Rosinaldo Cardoso liderou os trabalhos que solicitaram iluminação pública ao trecho até o aeroporto da cidade, antes do início das aulas.

Leia Também: Sem Iluminação, Acesso IFPA

Lei Também: Nos tempos da lamparina

"Fomos na Celpa Equatorial, pedimos o rebaixamento de energia e a prefeitura tem dificuldade de fazer a iluminação pública porque não tem o rebaixamento." Explica Rosinaldo Cardoso, Vereador Patriotas 51.

Outra solicitação da Câmara atende aos moradores do São José Operário, extensão territorial da cidade de Óbidos. Na ocasião o engenheiro da Celpa Equatorial teria identificado mais de mil ligações clandestinas de energia popularmente conhecida como 'gatos'. Uma necessidade para as famílias não beneficiadas com energia de qualidade. Hoje os moradores pagam a energia que chega às residências. O problema é a contribuição que é paga, mas os moradores não recebem esse benefício nos postes.

"Uma base de quanto custa cada luminária é de 400 reais. É caro demais. Incluindo reator, lâmpada, abajur e relé. Não se tem recurso pra isso." Rosinaldo.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp