02/03/2024 às 16h53min - Atualizada em 02/03/2024 às 16h53min

Equipes do Pará conquistam prêmios em torneio nacional de robótica, em Brasília | Portal Obidense

A equipe Ultron League, do SESI Marabá, foi a grande vencedora do Prêmio Desafio da Aliança, que reconhece a equipe que marca o maior número de pontos nas missões de arena

Da Redação
Gerência de Comunicação FIEPA

EQUIPE Ultron League - Marabá 4, vencedora do Prêmio Desafio da Aliança

BRASÍLIA - Seis equipes do Pará, compostas por alunos do SESI, participaram, entre 28 de fevereiro e 2 de março, em Brasília, da etapa nacional do Torneio de Robótica FIRST® LEGO® League, considerado uma das maiores competições de robótica educacional do mundo.

No total, 42 jovens paraenses, de 9 a 19 anos, dos municípios de Ananindeua, Belém, Altamira e Marabá, participaram da competição, juntando-se a mais de 2 mil estudantes de 9 a 19 anos de escolas da rede SESI e SENAI, públicas e privadas de todo o país.

Cada time tem a chance de competir em, pelo menos, 3 partidas de 2 minutos e meio. A Ultron League disputou na modalidade FIRST LEGO League Challenge (FLLC), na qual alunos de 9 a 15 anos constroem robôs de peças de LEGO para cumprir uma série de atividades na mesa de desafios. Na final, a equipe de Marabá fez parceria com uma escuderia de São Paulo.

“É muito gratificante chegar aqui e ver que o trabalho de meses deu certo. Toda a programação e estratégia que desenvolvemos funcionou e conseguimos levar esse prêmio pra casa. Estou realmente muito feliz com o nosso desempenho, porque esse é um torneio onde só tem equipes muito bem preparadas, e nós nos destacamos”, comemora Lara Sophia, uma das integrantes e programadora da equipe.

As equipes TecnoXingu, do SESI Altamira, e ParáTech, do SESI Belém, também vão voltar para o Pará com prêmios na bagagem. Ambas as equipes disputaram na modalidade FIRST Tech Challenge (FTC), na qual estudantes do ensino médio constroem robôs de até 19kg, a partir de um kit de peças reutilizáveis, tecnologia Android e uma variedade de níveis de programação baseada em CAD, Java e Blocks.

A TecnoXingu conquistou o primeiro lugar na categoria Prêmio dos Juizes, que reconhece a equipe que incorpora a cultura da FIRST LEGO League através de formação e espírito de equipe e demonstração de entusiasmo. Já a Parátech alcançou o segundo lugar na categoria Divulgação, entregue à equipe que mais se destacou na criação de uma mensagem convincente para mudar nossa cultura e celebrar a ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

De maneira pioneira, o SESI começou a implementar o programa de robótica internamente nas suas escolas em 2006 e, em 2012, passou a realizar as competições da organização internacional FIRST no Brasil para competidores da própria rede e de outras instituições de ensino. “O torneio é a culminância do trabalho em educação do SESI. Essa é foi a maior delegação que a gente já trouxe para o nacional e é uma comprovação de que vale a pena investir na juventude, absolutamente capaz de solucionar problemas e criar soluções para o futuro do país”, destaca Dário Lemos, Superintendente do SESI Pará.



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp