21/01/2022 às 14h38min - Atualizada em 21/01/2022 às 14h38min

Chuvas intensas e subida das águas colocam em alerta defesa Civil de Óbidos | Portal Obidense

Defesa Civil do estado deverá chegar a Óbidos na segunda-feira (24) onde irão verificar em loco as informações e danos repassados pela defesa Civil Muncipal

Por: Walmir Ferreira
Imagem da Cheia de 2014 em Óbidos

ÓBIDOS – A cidade de Óbidos no oeste do Pará vem sofrendo com período de chuvas intensas, devido à formação geográfica da cidade com terrenos autos e baixos o desgaste do solo com a erosão é muito maior causando prejuízo às famílias e a sociedade em geral.

Foram 16 cidades do Pará com decreto de situação de emergência pelo governo do estado, Óbidos esta incluso, os problemas em relação à alagação e danos são evidentes. A defesa Civil do munícipio vem mapeamento e identificando e trabalhando para solicitar situação de emergência por chuvas intensas pelo governo do município o relatório já esta pronto, na segunda-feira (24) homens da defesa civil estadual chegarão em Óbidos para avaliar a situação o que faz parte do protocolo.

Segundo o responsável pela defesa Civil de Óbidos Jamenson Amaral que vem participando de reuniões em vídeo conferência com a defesa Civil Estadual, tudo indica que Óbidos deverá emitir decreto pedindo situação de emergência por intensas chuvas.







Cheia do rio

Outro problema que preocupa moradores que residem às margens do rio Amazonas e lago Pauixis é a subida intensa das águas que está bem maior nesse período que os anos anteriores, todos os dias a defasa Civil faz monitoramento, mas segundo Amaral, ainda não e motivo para alarmar, mas os números são preocupantes.

Segundo as medições hoje sexta-feira (21) o nível do rio esta acima 5m,68cm ou seja acima de todas as grandes cheias que já aconteceram no munícipio, como em 2009 (4,74), 2012 (4,16), 2014 (4,58) e 2021 (4,44) no mesmo período. Isso da uma diferença de quase 1 metro de 2009 que foi a maior enchente da ultima década no município de Óbidos.



Procurado pelo Portal Obidense, Jamerson Amaral informou que não é motivo para alarde, pois mesmo com 5m,68cm, o rio esta abaixo do nível máximo de alerta que é 7m,20cm.




Com os problemas em relação aos efeitos climáticos a preocupação existe, mas o rio pode diminuir o ciclo de cheia o que seria muito bom para os ribeirinhos, esse fenômeno geralmente acontece, mesmo assim a frente da cidade e parte de muitas comunidades ficam submersas durante alguns meses.

Vale muito a prevenção, como esse fenômeno acontece todos os anos, vale apena começar a se prevenir e não esperar somente pelo setor publico.

Governo do estado divulgou recentemente que irá amparar as famílias que tiverem problemas com as chuvas e cheias do rio com o valor de até um salário mínimo.

          

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.4%
10.2%
1.7%
0%
0%
15.0%
1.7%
0.6%
33.1%
1.7%
3.7%
5.1%
2.5%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp