17/12/2020 às 17h03min - Atualizada em 17/12/2020 às 17h03min

Moradores da comunidade rural Surva relatam queda de objeto não identificado | Portal Obidense

Testemunhas acreditam tratar-se de meteorito. Mas nada foi encontrado pela equipe do Portal Obidense

Por: Elialdo Jr. e Rafael Santos
Foto e imgem Rafael Santos



ÓBIDOS - Na manhã de quarta-feira, 16 de dezembro, o Portal Obidense foi informado sobre a queda, de algo não identificado, pelos moradores da comunidade rural Surva, no município de Óbidos-Pará. Segundo os moradores o fenômeno ocorreu na tarde de terça-feira, 15 de dezembro, por volta de 15:30h.

Como de costume, os vizinhos sentaram-se, para conversar, no puxadinho, aos fundos de uma residência, quando foram surpreendidos pelo forte barulho, seguido de um feixe de luz.

"A gente estava sentado aqui, conversando, distraído, quando ouvimos aquele estrondo, como se fosse uma bomba caindo no chão e depois sentimos aquele cheiro, tipo de pólvora queimando." Relata Raimundo Ferreira, aposentado.

Localizada às margens, direita e esquerda da Estrada vicinal Óbidos-Flexal, a Comunidade Surva limita pela extremidade direita com a localidade Paiol e pela esquerda com a Comunidade Frei Edmundo, região do Flexal, na “Colônia” de Óbidos, alguns trechos se concentra mais um tipo de vegetação, conforme a marca do solo. Solo este que foi atingido por algo indeterminado, mas ouvido e sentido até por quem nem estava no local. É o caso de Vera Lúcia que caiu desacordada, em casa, enquanto falava ao telefone com a filha.



"Eu estava falando com minha filha, que mora em Manaus, quando senti que meu corpo ia sentindo câimbra nas pernas e nos braços. Depois fui perdendo a noção e cai. Bati a cabeça e só depois de uns quinze minutos me acordaram já ensanguentada pela queda." Conta.

Ninguém sabe precisar se tratar-se de uma descarga elétrica por raio ou pequenos fragmentos de meteorito. O fato é que todos ficaram muito assustados.

A família Ferreira, que teria fundado o povoado encontrou muitas árvores de Surva. Desde então o local tem essa denominação. O que os atuais jamais vão esquecer foi da tarde do dia 15 de dezembro. Uma localidade pacata, de repente, sofre um grande impacto e como a base de madeira que sustenta a geladeira da moradora, Paula.

"Quando caiu no chão, nós ouvimos aquele barulho forte que levantou terra há mais de dois metros, sujando as pessoas que estavam aqui. Fez um rastro no piso da minha cozinha e tirou lascas da base que sustentava a geladeira. Até agora a gente não acredita nisso." Disse Paula Sousa, moradora.

No passado, a labuta dos habitantes de Surva se restrigia em colheita de castanha-do-pará, extração de madeira de lei e óleos vegetais, lavoura e criação de aves e animais domésticos nas propriedades. Hoje, a história ganha um novo capítulo.




 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp