04/12/2020 às 20h30min - Atualizada em 04/12/2020 às 20h30min

Conheça 5 filmes inspirados na vida de grandes músicos | Portal Obidense

Cinema e música são formas de entretenimento que sempre caminharam lado a lado. As duas artes fazem parte da vida de praticamente todos que buscam algum tipo de entretenimento para se divertir e fugir um pouco do estresse diário

Por: Walmir Ferreira
Com o foco de investir em ambos públicos, a grande indústria cinematográfica criou a cinebiografia musical, gênero focado na história de vida de artistas solo e bandas. O modelo provou ser um sucesso, venceu grandes premiações, como o Oscar, e bateu recorde de bilheterias pelo mundo.

Pensando nisso, preparamos uma lista com cinco filmes que foram inspirados na trajetória de sucesso de algumas lendas do cenário musical. Veja abaixo:



8 Miles – Rua das Ilusões (2002)
Marshall Bruce Mathers III, mundialmente conhecido como Eminem, mostra todo o seu talento artístico em seu filme semibiográfico 8 Miles – Rua das Ilusões. O cantor, que estrela sua própria história na pele de Jimmy ‘B-Rabbit’, revive os diversos desafios que encarou para ser tonar um dos maiores rappers de todos os tempos.

Jimmy vivia em um trailer, tinha sérios problemas com a mãe e queria se tornar cantor de rap. O grande problema é que ele morava em Detroit e sonhava em entrar em um estilo musical muito fechado e com pouquíssimos brancos na cena. Após fazer algumas amizades e ganhar diversas batalhas de rap, Jimmy foi fazendo sucesso até finalmente conquistar o seu espaço.
8 Miles – Rua das Ilusões entrou para a história por ter feito o primeiro rap ganhar a categoria de Melhor Canção Original de um Oscar com Lose Yourself, música que foi criada durante o intervalo das gravações do filme.



Cazuza – O Tempo Não Para (2004)
Cazuza – O Tempo Não Para colocou o cinema nacional em evidência novamente com um tributo a Cazuza. O cantor, poeta e compositor é considerado um dos grandes gênios da música brasileira e se tornou um símbolo de toda uma geração. Sua importância é tamanha que o vocalista já foi homenageado com projeto de bossa nova, livros, filmes e até um musical.

Cazuza – O Tempo Não Para narra a vida louca, vida breve e intensa de Agenor de Miranda Araújo Neto, mais conhecido como Cazuza. Lembrado por quebrar paradigmas da época e realizar protestos socioeconômicos em forma de canções, a obra retrata com exatidão os principais pontos que marcaram a trajetória do irreverente músico que saiu do Barão Vermelho para o mundo, mas infelizmente teve sua carreira encurtada pela Aids.



Ray (2004)
Ray é dedicado a Ray Charles, uma verdadeira lenda blues, jazz e soul. O pianista e compositor revolucionou o cenário musical e foi eleito pela revista Rolling Stone como o segundo maior cantor da história. Considerado um grande influenciador das futuras gerações, o norte-americano era dono de um repertório com temas variados, que iam desde canções gospel a uma música sobre famoso jogo de cassino blackjack.
A obra mostra a incrível história de vida de Ray Charles, que perdeu a visão aos sete anos de idade, logo após ter presenciado o afogamento do irmão. Com o apoio de sua mãe, Ray nunca fez da cegueira um fator limitante em sua vida, se dedicou inteiramente à aprendizagem de instrumentos musicais e acabou se tornando uma grande lenda da música.
Com produção independente, o filme foi indicado ao Oscar em seis categorias em 2005 e venceu em duas delas: Melhor Mixagem de Som e Melhor Ator, que coroou a atuação extraordinária de Jamie Foxx no papel do músico.



Somos Tão Jovens (2013)
Em 1973, Renato Manfredini Júnior se mudava do Rio de Janeiro com destino a Brasília e carregava muito mais do que apenas suas bagagens: levava consigo também o sonho de se tonar um músico famoso. Assim começava a brilhante trajetória de sucesso de Renato Russo, retratada no filme Somos Tão Jovens.

A obra, que também fala sobre outras bandas do Distrito Federal, conta a história do rapaz após chegar na capital do país, quando foi obrigado a passar um tempo em uma cadeira de rodas por conta de uma doença degenerativa.

Nesse período, Renato começou a compor poesias e alimentou o sonho de se tornar integrante de uma banda de rock. Com esse objetivo em mente, o músico superou a enfermidade, fundou o grupo de punk Aborto Elétrico e, anos mais tarde, realizou seu grande sonho, se tornando o lendário vocalista do Legião Urbana.




Bohemian Rhapsody (2018)
O filme Bohemian Rhapsody mostra a história de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos: o Queen. O longa conta como tudo começou, passando pela grande ascensão do grupo, os dramas, os conflitos, e claro, a criação de uma lenda chamada Freddie Mercury. A obra coloca os espectadores dentro dos shows com canções marcantes e exibe uma interpretação espetacular de Rami Malek, que venceu o Oscar de Melhor Ator, em 2019, no papel de Freddie Mercury.
Bohemian Rhapsody venceu ainda mais três categorias do principal prêmio cinematográfico, Melhor Montagem, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som, e bateu um recorde impressionante de bilheteria de cinebiografia, arrecadando US$ 608,7 milhões no mundo todo.




 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp