09/07/2020 às 17h36min - Atualizada em 09/07/2020 às 17h36min

Área do antigo matadouro, destinada a familias em situação de alto risco é tema de discussão na CMO | Portal Obidense

Baseado em estudo do CPRM, auguns veredores questionan que o local não serve para moradia e que poderá ser um prblema futuro de realocação.

Por: Eli Junior
ÓBIDOS - A sessão ordinária de segunda-feira (6) parecia não ter fim. A transmissão on-line gerou muita discussão entre os Edis que se incendiou quando o debate chegou a doação de terreno para abrigar famílias que perderam suas residências durante o período chuvoso.

Lindomar Marinho, votou contra a doação do terreno incluso no Projeto de Lei 173/2019 que declara como área de especial interesse social. Baseado em documentos da Companhia de Pesquisas e Recursos Minerais (CPRM) que, após mapear a área no ano de 2012 teria concluído que o local seria de risco, imprópria para habitação, manifestou-se contrário a doação do terreno por considerar contrário aos preceitos legais.

"Submeti a apreciação da Câmara, sugerindo que o Projeto de Lei seja rejeitado, e que após dar ciência ao Executivo, este possa remeter um novo Projeto com uma área de terra adequada para moradia, para as famílias em situação de vulnerabilidade social." Disse Lindomar.

Após este pedido de Vista, pelo Vereador Lindomar, Rubinho Sousa também pediu Vista, após ter avaliado a sugestão contrária do Edil, Lindomar Marinho, manifestou contrário a referida sugestão.

"Opino que a referida matéria seja apreciada, tão logo pelo Plenário da Casa em função de o Projeto já ter perdido todos os prazos de análise estabelecido no Regimento Interno e na Lei Orgânica do Município." Rubinho.

Kedson ressaltou que o projeto foi aprovado por maioria dos Vereadores. O que gerou mais polêmica, entre Lindomar e Kedson quando o vereador Kedson das Máquinas usou exemplo de cidades como Rio De Janeiro, onde há milhares de moradores nos morros e áreas de risco por falta de opções adequadas e nos grandes centros urbanos.

"Talvez, vossa excelência (Lindomar Marinho) não veja televisão, como no Rio de Janeiro, na Bahia, em Pernambuco, e em vários estados do País, pessoas morando 'pendurado'. E lá, eles pagam IPTU, eles têm água. Isso faz parte da vida. Faz parte do cotidiano. Faz parte da situação social do brasileiro, Vereador. Não pense que Óbidos é diferente. A gente busca coisas boas, a gente busca o melhor para o município, os munícipes. Mas, a gente não pode se isentar de algumas coisas." Disse Kedson, na sessão desta terça-feira, 07 de julho.



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.8%
10.1%
1.3%
0%
0%
15.3%
1.6%
0.7%
35.5%
1.3%
4.2%
3.6%
1.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp