10/12/2023 às 08h32min - Atualizada em 10/12/2023 às 08h32min

Em ação integrada, Ideflor-Bio resgata seis peixes-boi em Monte Alegre

Os animais corriam risco, pois estavam em um lago atingido pela forte estiagem no oeste do Pará, provocada pelo El Niño

Da Redação
Ag. Pará

Portal Obidense  Publicidade 790x90

Foto: Ag. Pará

MONTE ALEGRE - Uma ação integrada do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio), com o apoio de brigadistas e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, resgatou seis peixes-boi (Trichechus) do Lago Grande de Monte Alegre, no oeste paraense, na última sexta-feira (8). A medida foi necessária devido à forte estiagem na Amazônia, ocasionada pelo fenômeno El Niño.

O lago onde estavam os animais fica na Área de Proteção Ambiental (APA) Paytuna, no município de Monte Alegre, e registra um nível das águas considerado alarmante devido à falta de chuvas, o que representa um sério risco à sobrevivência dos animais.

O Ideflor-Bio mobilizou a população para o resgate e traslado dos animais para uma área com água em abundância. A ação integrada contou com o suporte de biólogos, veterinários e técnicos especializados em vida aquática, responsáveis por capturar os peixes-boi e garantir seu bem-estar durante todo o processo. A participação dos brigadistas também foi fundamental, fornecendo informações e auxiliando no resgate.

O médico veterinário e assessor técnico do Ideflor-Bio, Júlio Meyer, informou que os peixes-boi, ameaçados de extinção, desempenham um papel importante no ecossistema aquático da região amazônica. “Por isso, é fundamental proteger e preservar essa espécie. Essa ação integrada demonstra o compromisso das instituições em promover a conservação da fauna e dos recursos naturais desta parte do País”, enfatizou.

Mudanças climáticas - O fenômeno El Niño tem um forte impacto na Amazônia em 2023, resultando em estiagem prolongada e redução dos níveis de água em rios e lagos. A situação é ainda mais preocupante quando envolve animais que dependem diretamente dos recursos hídricos para a sobrevivência.

Neste sentido, o governo do Estado, por meio do Ideflor-Bio, tem se dedicado a implementar medidas de proteção e conservação da biodiversidade. O resgate dos peixes-boi garantiu não apenas a sobrevivência desses animais, mas também o equilíbrio ecológico na região.

De acordo com o gerente da Região Administrativa da Calha Norte I (GRNCI), Jorge Braga, o Ideflor e seus parceiros continuarão trabalhando em conjunto para monitorar e proteger a vida aquática na região, buscando soluções sustentáveis para enfrentar os desafios impostos pelas mudanças climáticas. “O resgate dos peixes-boi no Lago Grande de Monte Alegre é um exemplo inspirador de como a união de esforços pode resultar em ações efetivas de preservação e conservação do meio ambiente”, frisou.

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp