04/06/2023 às 08h48min - Atualizada em 04/06/2023 às 08h48min

Coordenadoria de Defesa Civil, monitora recuo do nível do rio amazonas | Portal Obidense

A expectativa é que nos próximos dias, as águas do rio amazonas ainda apresente o fenômeno do “repiquete”, porém o período de vazante já é uma realidade

Por: Elton Pereira

Portal Obidense  Publicidade 790x90

Frente de Óbidos, Rio Amazonas - Fenômeno do Repiquete


ÓBIDOS - Para aqueles que residem no meio da bacia amazônica, o fenômeno da subia e descida do nível das águas dos rios da região, afeta diretamente a forma e a qualidade da vida de milhares de pessoas. Funciona assim, durante 6 meses do ano de junho a novembro, a realidade é a vazante e nos outros 6 meses, de dezembro a Maio, as pessoas tem que conviver com o período de cheia dos rios.

 
Toda essa mudança afeta diretamente a vida das pessoas, por isso, em Óbidos, no oeste do Pará, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMUPUDEC), tem um papel fundamental no trabalho preventivo e assistencialista. É com a medição diária do nível do rio, que a Defesa Civil consegue identificar as grandes enchentes e assim, buscar de forma mais rápida e efetiva ajudar essas famílias afetadas.


 
A cheia de 2023 não causou grande prejuízos a população da região, segundo informações da 4ª Regional de Defesa Civil (4ªREDEC), apenas o município de Alenquer na região da Mesorregião da Calha Norte apresentou grandes áreas de alagamentos no centro da cidade, algo que também não pegou ninguém de surpresa. Na medição do nível do Rio Amazonas em Óbidos, realizado na manhã desta sexta-feira, (02) junho, a coordenadoria municipal de defesa civil registou a marca de 7m54cm, apresentando um leve recuo, a prova é as águas que adentraram na rua Siqueira Campos que já apresentam vazante.
 
Segundo o coordenador de Defesa Civil de Óbidos, Jamerson Amaral, nos próximos dias o Rio Amazonas deve apresentar o repiquete, porém o período da vazante já iniciou e nos próximos dias a expectativa é que de fato o recuo das águas seja mais visualizado. “Graças a Deus, passamos por esse período de cheia sem grandes problemas em nosso município. Sempre atentos a qualquer problema que venha a ocorrer, a Prefeitura tem sempre trabalhado nos ajudando nas ações de assistência as famílias mais afetadas pelos fenômenos naturais que acontecem”, destacou o coordenador de Defesa Civil de Óbidos, Jamerson Amaral.



 

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp