01/02/2023 às 18h23min - Atualizada em 01/02/2023 às 18h23min

Prefeitura de Óbidos adere a parceria com o projeto Maniva Tapajós, que busca melhorar plantações de mandioca

Reunião apresentou o perfil dos produtores que serão atendidos no município, e expôs ações estratégicas para o ano de 2023

Por: Elton Pereira
ASCOM-PMO


ÓBIDOS - Na segunda-feira (30) foi realizada uma reunião remota entre a Prefeitura de Óbidos, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Abastecimento de Óbidos (SEMAB), representada pelo secretário Roberto Pinedo, Jânio Queiroz e professores da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) Dra. Eliandra Sia e Dr. Marcos Amaral, quando foram discutidos os mecanismos que serão implementados para o início de ações de parceria com o projeto “Maniva Tapajós”.
 

Durante o encontro, foram apresentados os perfis dos produtores do município a serem atendidos e expostas as estratégias de ações para o ano de 2023 que devem ser iniciadas em fevereiro. Vale ressaltar que os resultados positivos fizeram com que o projeto estendesse o plano de ação para atender a produtores rurais de outros municípios como Belterra e Mojuí dos Campos, e agora com ações de extensão para o município de Óbidos. A partir do projeto, os agricultores tem a oportunidade de ter produções saudáveis e sustentáveis.


 
“Não podíamos deixar passar essa parceria que trará inúmeros benefícios aos agricultores obidenses, que trabalham com a cultura da mandioca. O governo municipal, na pessoa do prefeito Jaime Silva, tem a preocupação de fechar esse tipo de parceria, que deve trazer melhorias e benefícios ao nosso município”, disse o secretário de Agricultura e Abastecimento, Roberto Pinedo.
 
O projeto, incialmente, se preocupa em definir áreas para multiplicar o material genético desta nova qualidade de maniva. Após a definição da área, será realizada a coleta de solo para análise físico-química de fertilidade com acompanhamento dos técnicos da SEMAB e coordenadores do projeto da Ufopa. Depois, outras ações serão realizadas para assegurar a propagação e expansão da planta que apresenta maior produtividade e resistência diante de doenças.
 
O projeto Maniva surgiu em 2014, na Vila de Boa Esperança, no município de Santarém. Durante os oito anos de atuação e um balanço positivo, já foram distribuídos mais de 15 mil mudas de mandioca micro propagadas a produtores da região oeste do Pará, depois de esses trabalhadores enfrentarem elevados prejuízos com um fungo que afetou a raiz da maniva.



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp