26/04/2016 às 10h27min - Atualizada em 26/04/2016 às 10h27min

A banda de Ximbinha e Companhia se apresentará nesta sexta-feira (29) no Clube do Pará

A Banda paraense X-Calypso irá lançar seu primeiro CD em Manaus, a grande festa contará também com apresentação de Alberto Moreno e Banda Trio do Pará e Nave Parazoeira de Bob Lester.

Da Redação
Rildo Lessa Comunicações
Foto: Clube do Pará

MANAUS - No dia 29 de abril, o Clube do Pará preparou um grande evento para os amantes do calypso e do brega, pela primeira vez em Manaus a atração nacional Banda X-Calypso.  Quem também participa desta festa é o cantor Alberto Moreno, a banda Trio do Pará, Bob Lester na Nave Parázoeira e a Banda Som Brega que vai gravar seu primeiro cd .

A banda X-Calypso que tem uma formação diferenciada, com três vocais, a pernambucana Leya, os paraenses Gêh Rodriguez e Carla Maués. É assim que Ximbinha apresenta ao Brasil a X-Calypso que transita entre o ritmo que lhe deu fama Calypso, o forró e o brega rasgado.

O CD da X-Calypso deve chegar às lojas em breve, mas as músicas “Saudade” (Carlinhos Maraial e Edu Lupa) e “O estranho” (Chrystian Lima e Ivo Lima) são os carros-chefes deste novo trabalho, que ainda tem músicas compostas por Tony Brasil, Beto Caju, Cesar Lemos, Binho Aguiar, entre outros.

O guitarrista Ximbinha que já foi “Chimbinha”, é considerado um dos principais músicos do País e já vendeu 16 milhões de CDs, DVs e LPs em sua carreira quando era líder da Banda Calypso. Ximbinha também é compositor e produtor musical. Começou a tocar guitarra ainda aos 12 anos nos subúrbios de Belém influenciado por artistas de sua terra, como Roberto Vilar. Junto com eles, reinventou o ritmo "Calypso", lhe acrescentando suingues novos e o transformando o ritmo numa das maiores febres musicais já vistas. Aos 18 anos já era o produtor musical mais conhecido de Belém. Traz na mochila nada menos do que 400 CDs, LPs e DVDs com sua assinatura, desde quando tinha pouco mais de 20 anos.

A cantora Leya nasceu em Serra Talhada, Pernambuco. Para quem não sabe, é o berço de Lampião, rei do Cangaço de voz mansa e sorriso tímido, com 23 anos a cantora já tem dez anos de estrada. Começou aos 13 anos numa banda chamada Vizzu, onde por seis meses cantou três músicas sem nenhuma remuneração. De banda em banda foi construindo seu caráter musical, aportou no projeto Radiola Sertaneja, coincidentemente produzido por Ximbinha. Segundo Leila, os fãs podem esperar toda dedicação, esforço e alegria no palco. É uma oportunidade única, e vou dar meu sangue para ser digna dela.

Dentro do conceito de show-baile que Ximbinha está implantado na X-Calypso, a voz afinada, marcante e o humor sempre animado  do paraense Gêh Rodriguez cai como uma luva. Aos 33 anos, o que não falta é estrada para o cantor, que como Leya também começou aos 13 anos, tentando imitar um primo que herdou o violão do avô,. Autodidata, foi aprendendo um a um os instrumentos musicais, até que virou vocalista. Com amigos criou um grupo de pagode chamado "Moleques do Samba". Anos mais tarde criaria com amigos um outro grupo: Make Off, que conquistou espaço nas noites de Belém. Daí foi um passo para chegar aos vocais do Fruta Quente, uma das bandas mais conhecidas no Pará. Ghê conta que foi surpreendido com o convite para uma reunião com Ximbinha, que o convidaria para dividir o palco com Leya. Era véspera de seu aniversário."Considerei um presente antecipado. Aceitei na hora e podem acreditar: já me joguei de cabeça neste projeto. Vida longa à X-Calypso".

A terceira voz que completa a X-Calypso é de Carla Maués, compositora do sucesso "Cavalo Manco" da antiga Banda Calypso. Carla, que tem 37 anos de idade, começou a cantar aos 7 em igrejas. Nascida em Belém, no Pará, integrou outros grupos antes de completar o trio da X-Calypso. Com 15 anos de estrada e de palco, mesmo tempo em que ficou radicada na capital paulista, ela recebeu o convite do próprio guitarrista. “Ximbinha  me ligou, somos amigos desde a juventude. Ele me fez a proposta e eu aceitei na hora. Agora é partir para o sucesso', revela.

Os ingressos serão vendidos a partir desta terça feira, nos valores de R$40  pista ( estudante/ 1º lote),  R$60 Camarote e  R$120,00 área vip (open bar/ água, cerveja e refrigerante).

Pontos de vendas: Lojas Visual do Pé (Centro, Shopping Via Norte, Manoa) e na bilheteria do clube que vai está disponibilizando a venda nos cartões de crédito.

Portal Serviço

Evento: Show X – Capypso

Pré - Shows: Alberto Moreno, Trio do Pará, Bob Lester e Banda Som Brega

Dia: 29 de abril

Onde: Clube do Pará – Na Avenida Max Teixeira – Estrada da Cidade Nova – Antigo Planeta Talismã

Hora: A partir 22h

Ingressos: R$40 pista (estudante/ 1º lote), R$60 Camarote e R$120,00 área vip (open bar/ água, cerveja e refrigerante).

Pontos de vendas: Lojas Visual do Pé (Centro, Shopping Via Norte, Manoa) e na bilheteria do clube que vai está disponibilizando a venda nos cartões de crédito.

Informações: 3085-8903

Sorteio

A Fanpage do Portal Obidense ira sortear 4 ingressos de pistas em uma promoção que terá início hoje (26) as 14hs. Participe e ganha.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp