17/07/2019 às 16h12min - Atualizada em 17/07/2019 às 16h12min

Paraense radicado no Rio, Gil Móia lança “Areia” refletindo sua terra natal e ancestralidade

Por: Daniel Pandeló Corrêa
PARÁ - Natural de Barcarena, no Pará, e radicado no bairro de Santa Cruz, extrema Zona Oeste do Rio de Janeiro, o cantor e compositor Gil Móia faz uma música que busca uma ponte entre a natureza da Amazônia e as paisagens do subúrbio. Prestes a lançar seu EP de estreia, ele revela o single “Areia” pelo novo selo Diáspora. A produção musical é de Hugo Noguchi e a faixa está em todas as plataformas de música digital e como lyric video.
 
Ouça “Areia”: http://smarturl.it/GilMoiaAreia

Assista a “Areia” abaixo



 
“A música me veio de maneira muito intuitiva, em uma tarde iluminada. Bastaram os primeiros acordes pra música aparecer pronta, sem ajustes em nenhuma estrofe, como se eu fosse um canal para que ela se manifestasse, no momento exato”, conta Móia.
 
O artista mistura influências de nomes do cancioneiro paraense, tanto da MPB, como Nilson Chaves, quanto do flashbrega, como Ted Max e de fora de sua terra, como João Gilberto e Lupicínio Rodrigues, em um caldeirão que bebe da sonoridade do indie e do rock. Nas temáticas, ele une antigos causos de sua bisavó, saudades de sua terra natal e os desafios de sua atual estadia no Rio
 
“Venho de uma região que há muitos rios, cais, praias... Minha bisavó me contava muitas histórias, nenhuma exatamente como na música, mas histórias do cais, lendas e folclores da região amazônica. Minha maneira de guardar nossas conversas é compondo. Ela me preencheu de conteúdo pra pelo menos uns 10 discos de contos. Espero poder por isso pra frente, junto com curtas, romances, desenhos”, revela o artista.
 
O lançamento é uma aposta do novo selo Diáspora, projeto iniciado por Hugo Noguchi que pretende dar visibilidade para que artistas racializados se insiram de modo profissional no mercado musical, buscando descendentes das diásporas africana e asiática, bem como das internas brasileiras. “Areia” está disponível em todas as plataformas de streaming musical.
 
Ouça “Areia”: http://smarturl.it/GilMoiaAreia
Assista a “Areia”: https://youtu.be/jcJeIrvkUlg
Ficha Técnica:
Música, letra, violão e voz por Gil Móia
Produção, mixagem e masterização por Hugo Noguchi
Bateria por Pedro Millecco
 
Letra:
Areia
Oh areia do mar
Oh areia do mar
Saiu de madrugada
Com seu barquinho pro mar
Deu um beijo nas crianças, disse que iria voltar
E saiu pra pescar mas não voltou do mar
 
Saiu pra pescar mas não voltou do mar
E a moqueca que fiz, com gosto pra ele provar, ficou em cima da mesa, fria
esperando voltar
E saiu pra pescar mas não voltou do mar
Saiu pra pescar mas não voltou do mar
Eu então me peguei com Deus e me pus a rezar
Pedi para que trouxesse a salvo de dentro do mar
E saiu pra pescar mas não voltou do mar, saiu pra pescar mas não voltou do mar
Ele não viu sua filha rosa aprendendo a rendar
Ele não viu seu filho Antônio aprendendo a pescar
Ele não sabe quanto eu choro na beira do mar, ele não viu tanta saudade de mim
se apossar
Não viu
Oh areia do mar 4x
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Findando o período letivo qual a matéria mais difícil de passar?

6.4%
10.0%
45.0%
10.7%
15.7%
4.3%
7.9%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp