12/07/2019 às 12h56min - Atualizada em 12/07/2019 às 12h56min

Deu no O Antagonista - Assim não dá, Verdevaldo

Os lulistas devem estar desesperados com os traques de Glenn Greenwald. Senador da Rede contesta pedido de blindagem de Greenwald. A justificativa que é confissão de Greenwald

Do Antagonista
Por: Walmir Ferreira
BRASIL - Eles foram úteis para promover o site pirata, mas é improvável que consigam tirar Lula da cadeia.
Até agora, de fato, os hackers não produziram uma única mensagem de Sergio Moro sobre o caso do triplex, aquele que os advogados de Lula querem anular.
A Veja, nesta sexta-feira, associou-se a Glenn Greenwald para tentar emporcalhar o TRF-4. As mensagens roubadas, porém, referem-se a outro criminoso.
Assim não dá, Verdevaldo.

Senador da Rede contesta pedido de blindagem de Greenwald

Flávio Arns, um dos senadores da Rede, divulgou nota contra o pedido do partido para que o Supremo impeça qualquer investigação sobre Glenn Greenwald.

Leia abaixo a íntegra da nota do senador paranaense:

“Manifesto minha total discordância em relação à ação movida pela Rede Sustentabilidade junto ao STF no sentido de impedir qualquer investigação sobre o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil.

As mensagens divulgadas pelo site são produto de um ataque criminoso que deve ser rigorosamente investigado e punido. Qualquer possível relação entre este crime e a conduta do jornalista deve, sim, ser objeto de investigação.

Concordo integralmente com o ministro Sergio Moro, que aponta a existência [de] um grupo criminoso criado para atacar a operação Lava-Jato com o objetivo de invalidar condenações, prejudicar investigações em curso e atacar as instituições.

Novamente, ressalto meu irrestrito apoio à força-tarefa da Lava-Jato, ao ministro Sergio Moro e ao procurador Deltan Dallagnol. Eles escreveram uma nova página em nossa história, mostrando que é possível romper com o padrão de impunidade que sempre vigorou em nosso país.”
O Antagonista é contra qualquer tipo de censura. À imprensa.
 

A justificativa que é confissão de Greenwald

Ao justificar-se sobre a troca do nome do procurador Ângelo Goulart Villela numa das mensagens publicadas por seu site, Glenn Greenwald afirma que “foi um erro de edição apanhado pela checagem de fatos antes da publicação”.

Jornalistas de verdade não “editam” reproduçōes de provas. Checagem existe apenas nos textos das reportagens.

A justificativa de Greenwald é, na verdade, uma confissão de que o Intercept pode adulterar o conteúdo do que exibe como documentos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp