20/04/2019 às 12h49min - Atualizada em 20/04/2019 às 12h49min

Matriarca da família Ferreira completa 80 anos de vida e comemora com amigos filhos e netos

Por: Walmir Ferreira
Por: Walmir Ferreira
MANAUS – Serena e muito atenta Enedina Vasconcelos de Moraes, completou seus bem vividos 80 anos de idade, a aniversariante que nasceu na região da Ilha Grande em Óbidos no oeste do Pará, hoje mora em Manaus no Amazonas, recebeu os convidados na casa de uma das filhas Marleia Ferreira, ambiente aconchegante com direito a música ao vivo com Wanderley, Nilda e Renato Brandão.

Além das músicas da melhor qualidade, Enedina se emocionou ao rever seu primo Mathias Vasconcelos que a mais de 50 anos não se viam, onde foi abraçada por filhos das duas famílias, foi um momento bem especial. CLICK AQUI – Assista a transmissão.

Uma grande mãe, que conseguiu educar 12 filhos em um período difícil em relação a educação, esposa de Antônio Fonseca Ferreira, que já deixou este mundo a mais de 10 anos, ela fez até a 3ª séria do fundamental, precisou deixar os estudos para ajudar a família no trabalho da juta no interior de Óbidos, sem profissão definida aprendeu a costurar em meio a fazer roupas e trabalhar na usina de castanha, também tinha que cuidar da casa e lavar roupa pra fora.

Por muitas noites precisava deixar os filhos em casa, ao sair as 4hs da manhã para quebrar castanha, pois estava na safra e chegavam castanheiros de várias localidades, Fuzil, Castanhanduba, Andirobal, Igarapé Açu e muitos outros, se ganhava por produção e a lida era grande. No período da festividades da padroeira de Óbidos, senhora Sant´Ana, passava a noites em claro, pois era quando as encomendas de roupas aumentavam, então era a oportunidade para conseguir uma renda extra, para pagar os fornecedores, de onde os filhos pegavam alimentos “fiados” para ela acertar no final do mês.

Muitas história dentro da realidade de famílias que viviam no interior de Óbidos e se mudavam para a cidade, pois os filhos que não eram poucos precisavam se alfabetizar, os pais iam para o sacrifício e se mudavam para a cidade.

Enedina Vasconcelos tem muitas histórias de vida, que não contou e faz questão de não contar, pois o sofrimento da lida do campo e da pesca de sobrevivência prefere não repassar aos filhos, porém quando um deles reclama da vida ela adverte “Vocês reclamam de tudo, pois peço a Deus que nunca passe pelo o que eu passei” e cita alguns exemplos entre eles citarei aqui “Queria ver um dia vocês no sol quente com água pela cintura lavando juta o dia inteiro, e ainda tendo que se livrar de picada de cobra, aranha que se escondiam pelas malva (produto bruto da juta), o silencio e a reflexão dos reclamões, mesmo sem saber, ou ter passado por isso, com esse exemplo imagina como era ruim ficavam calados.

A comemoração de 80 anos precisava ser feita, pois nesse tempo todo a aniversariante demostra ser uma verdadeira vencedora e hoje é trada com todo amor e carinho, por filhos e netos.     

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp