11/04/2018 às 19h16min - Atualizada em 11/04/2018 às 19h16min

IPHAN recebe denuncia por melhoria feita no Forte Pauxis, por iniciativa de alguns filhos de Óbidos que se preocupam com o patrimônio da cidade.

O denunciante não foi revelado, prefeito de Óbidos é notificado a não permitir que as melhorias continuem, dessa forma a depreciação desse patrimônio será continua sem ninguém poder fazer nada.

Por: Elton Pereira e Walmir Ferreira
Fotos: Ronaldo Brasiliense

ÓBIDOS – Um caso que chamou a atenção e causou espanto aos obidenses preocupados com o patrimônio de uma cidade histórica, considerada a mais portuguesa da Amazônia, foi o fato de um (cidadão) não contente com a iniciativa particular de outros obidenses que se juntaram e pediram doações de massa corrida, tinta e com seus esforços fizeram melhorias, pintaram e limparam ao redor do forte Pauxis que estava sendo depredado e consumido pelo mato.

(Antes) Abaixo foto do forte antes da inciativa dos Obidense

Não conte com as melhorias, a pessoa (as) denunciou ao IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o qual notificou e responsabilizou o prefeito de Óbidos Francisco Alfaia, que deveria justiçar as melhorias e que determinou que parassem de imediato estipulando multa, baseado em uma lei da década de 30 (1937).

Dessa forma foi solicitado que as melhorias parassem e o nosso forte Pauxis, voltará com certeza ao estado de ruinas.

O denunciante com toda certeza, torce para que a cidade de Óbidos entre em um retrocesso continuo.

(Depois) Abaixo foto do forte de pois da iniciativa dos Obidenses.

Entregue ao nada!

Abandonado por completo, era dessa forma que se encontrava o prédio de maior importância para a história da cidade de Óbidos e região do oeste paraense, “Forte Pauxis”.

A 6 anos, a obra de restauração do forte Pauxis, foi simplesmente abandonada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), após o município não realizar o repassa de contra partida para a efetivação da reforma, as autoridades locais também reclamam que não se pode fazer nada sem o aval do (IPHAN), uma vez que nos últimos dias um grupo de empresários juntamente com o governo municipal iniciaram uma reforma por conta própria, mais no entanto foram barrados de continuar pelo (IPHAN), a inércia das partes, faz com que o prédio que carrega em suas paredes a história viva do início da cidade de Óbidos, se encontre nessa situação, servindo de abrigo para casais se relacionarem além é claro de estar entregue às baratas.

Iniciada em 15 de agosto de 2011, com previsão de término para fevereiro de 2012, as obras de reforma e restauração do Forte Pauxis continuam paralisadas e longe de serem concluídas, algumas coisas que já haviam sido reparadas já sofrem com a ação de vândalos e também do tempo, as sucessivas tentativas de retomada dos trabalhos não resultaram em nada, e para piorar o fomento de reforma e restauração do prédio que existia entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e o município de Óbidos foi cancelado por falta de iniciativa financeira do governo municipal na época, e quase sete anos após a interdição do monumento, o local continua de portas fechadas.

Portal Obidense foi ao local para mostrar aos nosso leitores - video abaixo


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp