13/12/2017 às 07h02min - Atualizada em 13/12/2017 às 07h02min

Feirantes de Porto Trombetas participam de oficina para elaboração de regimento interno

Com o regimento interno os agricultores feirantes passam a atuar com maior organização e eficiência no funcionamento da Feira de Porto Trombetas.

Martha Costa
Fotos: Martha Costa

ORIXIMINÁ - Com objetivo de orientar os agricultores feirantes de Porto Trombetas, distrito de Oriximiná, na região da Calha Norte da Amazônia, o Programa Territórios Sustentáveis, por meio do Eixo Capital Social, realizou nos dias 09 e 10 de dezembro oficinas sobre a importância de elaborar o regimento interno como forma de regular o funcionamento da Feira. As oficinas foram realizadas, atendendo as solicitações dos agricultores feirantes, para melhorar a organização da Feira e, com isso, ganhar maior qualidade e eficiência no atendimento e uso do espaço.  Foram tratados diversos assuntos, incluindo critérios de admissão, sistema de rodízios entre os agricultores feirantes, destinação de resíduos, parcerias, formas de participação e prestação de contas, além de iniciativas de engajamento social e ambiental.

Segundo o consultor do Territórios Sustentáveis, Rosival Dias, a metodologia aplicada durante a capacitação permitiu ouvir as reais demandas dos feirantes. A dinâmica de elaboração do regimento interno da Feira de Porto Trombetas partiu de temas e perguntas geradoras de debates para incentivar a participação ativa dos feirantes. Essa dinâmica foi seguida pela metodologia world café (roda-roda, como é mais popularmente conhecido) para que todos pudessem contribuir com ideias e propostas”.

Durante as Oficinas foram discutidos com os feirantes os principais temas para a elaboração do regimento interno, e para tratar de cada temática foram organizados pequenos grupos de trabalho. A partir desta primeira capacitação já é possível agendar novas oficinas para avançar na definição de regras e normas que atendam às necessidades dos feirantes de Porto Trombetas.

Segundo a coordenadora de campo do eixo Capital Social, Renata Freire, este é o primeiro passo para consolidação dos direitos dos associados. "o processo de construção coletiva do regimento interno da Feira de Porto Trombetas permite estabelecer regras, a partir de entendimentos comuns e acordos sobre diversos temas relevantes, como a qualidade dos produtos e serviços, padronização das barracas, definição de responsabilidades, calendários de oferta de produtos, formas de gestão e administração. Esse foi o primeiro passo para garantir um mecanismo de controle e organização do espaço da Feira de Trombetas, cuja reforma deverá ser inaugurada no início do ano que vem", frisou Renata. 

O Programa Territórios Sustentáveis é uma iniciativa da Agenda Publica, Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte e que atua nos eixos Capital Social, Quilombolas, Gestão Pública, Gestão Ambiental e Desenvolvimento Social nos municípios de Faro, Terra Santa e Oriximiná


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp