16/10/2017 às 17h33min - Atualizada em 16/10/2017 às 17h33min

Crédito para reforma agrária vai beneficiar 965 famílias em Juruti no Oeste do Pará

Assessoria de Comunicação - Incra Oeste do Pará
Fotos: Assessoria de Comunicação - Incra Oeste do Pará

JURUTI - A Superintendência Regional do Incra no Oeste do Pará vai investir mais de R$ 2,7 milhões em aplicação de créditos a famílias do Projeto Estadual de Assentamento Agroextrativista Curumucuri, localizado no município de Juruti (PA).

O recurso vai beneficiar 965 famílias – reconhecidas pelo instituto como beneficiárias do Programa Nacional de Reforma Agrária – como uma complementação do Crédito Instalação na modalidade Apoio Inicial, conforme previsto no Decreto 9.066/2017.

Servidores do Incra deslocaram-se a Juruti, em 8 de outubro, para assegurar a assinatura dos contratos de 965 famílias assentadas no projeto Curumucuri. A equipe deve permanecer no local até 20 de outubro para concluir o trabalho, retornando em seguida à sede da autarquia em Santarém.

Os contratos permitem a operacionalização dos recursos com a liberação de R$ 2.800 a cada família. O crédito é concedido pelo Incra para a aquisição de itens de primeira necessidade, como bens duráveis, medicamentos, ferramentas e insumos agrícolas. É proibida a compra de bebidas alcoólicas, fumo, armas de fogo e munição.

Antes da assinatura dos contratos, técnicos da autarquia promoveram reuniões no projeto Curumucuri para esclarecer as regras e as rotinas de aplicação de crédito. A adesão é voluntária por parte de beneficiário reconhecido.

As famílias recebem o recurso via cartão emitido pelo Banco do Brasil, que possibilita o saque ou o uso para compras em débito. O recebimento do dinheiro deve ocorrer em novembro.

Do valor repassado referente ao crédito Apoio Inicial, o Governo Federal vai conceder 90% de desconto na liquidação do crédito. Os 10% restantes devem ser reembolsados em parcela única, no prazo de três anos, com taxa de juros anual de 0,5%.

O Projeto Estadual de Assentamento Agroextrativista  Curumucuri foi criado pelo Instituto de Terras do Pará (Iterpa), mas parte das famílias foram reconhecidas e incluídas na relação de beneficiários do Incra a fim de permitir o acesso a algumas políticas públicas de responsabilidade da autarquia federal.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp