28/02/2024 às 15h34min - Atualizada em 28/02/2024 às 15h34min

Sedeme recebe Comitiva Precursora da Rota da Seda Marítima na Amazônia

Em visita oficial ao Brasil, no período de 24 de fevereiro a 13 de março de 2024, a comitiva precursora tem como finalidade principal de realizar intercâmbios e a discussão de futuras colaborações.

Da Redação
Ag. Pará

Fotos: Divulgação

PARÁ - A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), representada pelo secretário em exercício Carlos Ledo, recebeu na sede da instituição a Comitiva Precursora da Rota da Seda Marítima na Amazônia, composta por representantes da Universidade de Hohai (Hohai University) e da empresa chinesa Zhuhai Sino-Lac Supply Chain. A Delegação contou também com a presença do representante da Sino-Lac Amazônia, Marcius Nei Santos, da reitora da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), professora Herdjania Lima, e do assessor de gabinete da Sedeme, Lucas Moraes.

Em visita oficial ao Brasil, no período de 24 de fevereiro a 13 de março de 2024, a comitiva precursora tem como finalidade principal de realizar intercâmbios e a discussão de futuras colaborações. 

Em sua fala, Carlos Ledo destacou que o Governo do Pará, por meio da Sedeme, está de portas abertas para futuros investimentos, com foco no desenvolvimento econômico sustentável e na geração de emprego e renda.

Na ocasião, a reitora Herdjania Lima ressaltou a parceria entre a Ufra e a Universidade de Hohai. "A parceria envolve um termo de cooperação técnica, científica, educacional e cultural, com o objetivo de realizar pesquisas, desenvolvimento e formulação de novos fertilizantes orgânicos no Brasil. Além disso, o acordo prevê a recuperação de áreas degradadas por meio do uso de biofertilizantes e o reaproveitamento de resíduos rochosos. Recebemos a primeira remessa de biofertilizantes da China, que será testada inicialmente no município de Paragominas, no nordeste paraense, e posteriormente em outras regiões do Estado”, disse a reitora.

O CEO brasileiro da Sino-Lac, Marcius Santos, reforçou a importância do acordo de cooperação com a Ufra. “O objetivo desse acordo é realizar estudos para o desenvolvimento de novos fertilizantes orgânicos, visando melhorar o solo e aumentar a produtividade dos produtos exportados para a China. Considerando que são os maiores consumidores de produtos agrícola brasileiro. Além disso, essa parceria também contribuirá para a recuperação de áreas degradadas.

A Sino-Lac Latino America Amazônia é uma das maiores companhias estatais chinesas em logística e infraestrutura portuária do mundo. "A China demonstra interesse em fechar futuras parcerias com o Estado, especialmente nas áreas de logística, hidrovias e a realização de intercâmbios técnicos com a Ufra, visando aprofundar nossos conhecimentos e trocar experiências sobre o uso de biofertilizantes. Aproveito a oportunidade para reitera o convite ao secretário da Sedeme para visitar as instalações da empresa chinesa”, disse Marcius Santos.

O assessor de gabinete, Lucas Moraes, enfatizou a disposição da instituição para receber novas propostas de parcerias de acordo com as diretrizes da gestão estadual. 

Os integrantes da comitiva chinesa que participaram da reunião são: Chen Lihua, professor da Hohai University/chefe da Delegação; Tan Jianrong, diretor adjunto da Zhuhai Sino-Lac Supply Chain Co. Ltd/vice-chefe da Delegação; Chen Xiaozhuo, diretor-geral da Nongfengbao Grupo Co., Ltd/membro da Delegação; Xu Lina,cCoordenador do Projeto da Zhuhai Sino-Lac Supply Chain Co., Ltd /intérprete; Zhu Shiqiang, assistente do Projeto da Zhuhai Sino-Lac Supply Chain Co. Ltd/membro da Delegação.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp