18/01/2017 às 20h19min - Atualizada em 18/01/2017 às 20h19min

Governo e sindicato devem se reunir para discutir novamente como será efetuado o pagamento do mês de dezembro de 2016.

Por: Érique Figueirêdo
Ascom/PMO
Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - O vice-prefeito Isomar Barros, concedeu entrevista coletiva à imprensa na manhã desta quarta-feira (18), para comunicar o pagamento dos salários referentes ao mês de novembro de 2016, dos funcionários ligados as secretárias que compõe a administração direta.

Acompanhado do secretário de Infraestrutura, Marcos Maciel e do assessor jurídico do município, Cláudio Galati, o chefe do Executivo em exercício, informou que o repasse da administração das contas do Banco do Brasil, para a atual gestão, possibilitou o pagamento imediato da folha, injetando mais de R$ 500 mil reais na economia local. “A partir de hoje já deve estar saindo os salários referentes ao mês de novembro. Assim que nos foi repassada a administração das contas da prefeitura do Banco do Brasil, imediatamente informamos as outras agências sobre o pagamento dos vencimentos de novembro, e até amanhã a previsão é que todos recebam”, anunciou Isomar.

Os valores dos recursos disponíveis nas contas também foram divulgados para a imprensa. Segundo o último levantamento feito pela Secretaria de Governança, constam nas contas da PMO o saldo do Fundeb de 1.292 mil; Fpm R$ - 789 mil; e do Icms – 562 mil.

Pela projeção do governo, os valores nas contas não são suficientes para regularizar a folha de pagamento de novembro e dezembro integralmente, fazer o repasse da Câmara de Vereadores e manter os serviços básicos da estrutura do governo. “No caso de dezembro, se olharmos só para administração direta parece fácil fazer o pagamento integral. O problema é a área da educação. A folha da educação é de cerca de 3 milhões, e até aqui só temos pouco mais de 1 milhão nas contas do Fundeb. Agora no dia 20 por exemplo, temos que passar 190 mil para câmara de vereadores, e somos obrigados por lei a fazer isso. Até o dia 25 temos o compromisso de depositar 150 mil reais para rede Celpa, para começar a pagar a nossa dívida que é de quase 800 mil, bem acima dos pouco mais de 200 mil que anunciamos na semana passada. Então hoje, não vemos condições de pagar integralmente a folha de dezembro, como o sindicato está nos solicitando”, explicou o vice-prefeito.

Embora haja a probabilidade da chegada de novos recursos, o governo é cauteloso em fazer previsões com esses valores. Para tomar uma decisão mais concreta com relação ao pagamento da folha de dezembro, o sindicato dos servidores será convocado para um nova reunião. “Vamos discutir novamente com o sindicato essa situação do pagamento do mês de dezembro, mas queremos pagar os distratados também. Queremos chegar a um entendimento com eles, antes mesmo da audiência que está marcada com a justiça para o dia primeiro de fevereiro. Nossa intenção é chegar a uma solução de forma pacífica”, garantiu Barros.

Paralisação na Seurbe

O secretário de infraestrutura, Marcos Maciel, confirmou durante a coletiva que parte dos funcionários da Seurbe paralisaram as atividades no início da semana. Serviços essenciais como coleta de lixo e limpeza das vias urbanas foram prejudicados com a decisão, mesmo com a manutenção de 30% dos funcionários em atividade. “Infelizmente nossos serviços paralisaram quase que completamente. Pedimos a compreensão da população e pedimos desculpas pelos transtornos que isso tem causado. Nós respeitamos a decisão do sindicato e dos próprios servidores. Com essa notícia do pagamento esperamos retornar as atividades 100% para darmos continuidade ao nosso plano de trabalho que está fechado e pronto para ser executado”, finalizou Marcos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp