21/02/2024 às 13h36min - Atualizada em 21/02/2024 às 13h36min

Marajó: Problemas denunciados por Damares voltam à tona

Canção que viralizou fez alerta para exploração infantil na região Norte do país

Da Redação
Pleno News

Ilha do Marajó Foto: Willan Meira/Arquivo MMFDH

MARAJÓ (PA) - A Ilha do Marajó, no Pará, voltou a ter problemas sociais denunciados após viralizar uma canção que expõe a exploração infantil da região, crime que favorece o tráfico de órgãos e a prostituição infantil. 

A senadora Damares Alves (Republicanos-DF), enquanto ministra da Família e Direitos Humanos, alertou sobre os problemas sociais da região e chegou a ser perseguida e humilhada por falar a respeito.

Logo que assumiu a pasta, em 2019, Damares divulgou o programa Abrace o Marajó, que tinha como objetivo implantar programas sociais para reduzir a fome que leva a situações como a exploração sexual de menores, com meninos e meninas se prostituindo para ter o que comer.

Com o vídeo do Dom Reality, em que a cantora Aymeê Rocha fala sobre o Marajó e o desaparecimento de uma criança, muitas pessoas passaram a dizer que Damares sempre teve razão de expor a questão tão desacreditada, mas cruel, e que a situação precisa de uma resposta rápida do poder público e da sociedade brasileira.

– A Ilha do Marajó, lamentavelmente carrega consigo a tristeza da miséria que assola suas comunidades e consequentemente a exploração sexual infantil, tráfico humano, pedofilia e demais aberrações principalmente com crianças e adolescentes. Entre as causas dessa realidade, destaca-se a omissão e passividade da Igreja, cujo papel deveria ser luz no mundo, mas, infelizmente, tem falhado em enfrentar essas mazelas sociais – escreveu o pastor Lucas Hayashi, da Zion Church.

A própria senadora Damares compartilhou a canção da jovem cantora e recebeu apoio em suas redes sociais. A cantora Soraya Moraes, por exemplo, comentou que a ex-ministra sempre esteve certa sobre a situação no Marajó.

– Muito forte! E quando você, Damares, falou sobre isso te ridicularizaram, grandes artistas populares quiseram tirar a credibilidade do que você conhece! Que Deus tenha piedade, mas vamos fazer nossa parte! Este ano tem eleições vamos votar certo – escreveu.

— Há quanto tempo a senadora Damares Alves vem falando e ninguém dar importância? – questionou uma usuária do Instagram.

Comentários semelhantes foram feitos em outras redes sociais, como o TikTok e X, antigo Twitter.

– Quando ela fala do Marajó não tem como não lembrar daqueles meninos e meninas… só quem já viu isso de perto sabe o que ela está falando, da verdade que é a realidade do povo ribeirinho do nosso país… Eu chorei vendo esse vídeo porque há alguns anos dedico minha vida a ir para Ilha do Marajó levar Jesus para esse povo e tudo que ela falou é verdade – escreveu a missionária Chryssi Rangel.

A influenciadora Fabíola Melo compartilhou em suas redes sociais o vídeo do Instituto Akachi que expõe a realidade dos moradores da ilha.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp