04/01/2024 às 16h16min - Atualizada em 04/01/2024 às 16h16min

CPI quer investigar ONGs que atuam na Cracolândia e jornalista da Globo reage: ‘Tô até engasgada’

Vereador Rubinho Nunes (União) já conta com assinaturas necessárias e comissão deve ser instalada no início de fevereiro.

Da Redação
Conexão Política

Portal Obidense  Publicidade 790x90

Foto: Reprodução

BRASIL - Após parlamentares da Câmara de Vereadores apresentarem um pedido de CPI das ONGs em São Paulo para investigar, entre outras coisas, a atuação do padre Júlio Lancellotti —simpatizante da extrema esquerda—, a jornalista Daniella Lima reagiu ao vivo nesta quinta-feira (4): ‘Tô até engasgada’.

“Investigar o tráfico […] não querem, mas investigar o padre que dá comida e casaco quando ninguém mais quer olhar para aquela gente, aí vêm mais de 20 vereadores”, disse ela, focando seu discurso apenas em parte do ato social, mas sem destacar os interesses da CPI.

Os vereadores paulistas têm dito que diversos grupos que atuam na Cracolândia não oferecem ajuda o suficiente para retirar as pessoas da situação de vulnerabilidade, mas apenas cuidados momentâneos, como oferecer alimentação, por exemplo

Logo, segundo os parlamentares, os frequentadores da região não se recuperam e, além disso, acabam permanecendo no reduto. As organizações, por sua vez, não deixam de capitalizar.

Na avaliação dos representantes que defendem a medida de investigação, existe uma chamada ‘máfia da miséria’ que atua para obter ganhos por meio da boa-fé da população. O padre Júlio tem sido apontado como peça chave. “A atuação dele retroalimenta a situação das pessoas”, sustentam os vereadores.

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp