13/10/2023 às 08h43min - Atualizada em 13/10/2023 às 08h43min

Após críticas, MST apaga nota de apoio aos ataques a Israel

Movimento alega disseminação de fakes news a partir do texto publicado

Da Redação
Pleno News
Militantes do MST Foto: Joédson Alves/EPA/EFE/EFEVISUAL

BRASIL - O Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) apagou a nota que havia sido publicada no site oficial sobre o ataque do grupo terrorista Hamas a Israel. O conteúdo afirmava que a Palestina agiu de “maneira legítima” às agressões de Israel e não citava nominalmente o Hamas, que em ação no último sábado (7) deixou milhares de civis mortos na Faixa de Gaza.

A atitude, no entanto, não se tratou exatamente de um “recuo”. O MST afirmou que apagou a nota devido ao uso indevido do conteúdo para produção de “fake news” contra o movimento.

– O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) do Brasil mais uma vez reitera nosso apoio total e irrestrito à luta do povo palestino pela sua autodeterminação e contra a política de apartheid implementada por Israel. A Resistência Palestina, desde Gaza, reagiu, de maneira legítima, às agressões e à política de extermínio que Israel implementa na região há mais de 75 anos – afirmava o texto publicado nesta segunda-feira (9). A nota foi deletada nesta terça (10).

O texto ainda dizia que o Estado de Israel transformou a região da Faixa de Gaza em uma “prisão a céu aberto” e um “campo de concentração isolado do resto do mundo”.

– Um dos territórios mais densamente povoados do mundo, em que as pessoas não tem a liberdade de ir e vir; são privados de comida, água, medicamentos, energia, assistência médica, entre outros direitos – disse o grupo.

Em nota, a organização afirmou que o texto divulgado resultou em “disseminação de fakes news” que colocaram o movimento como apoiador do grupo terrorista Hamas. O MST também reiterou solidariedade “à luta do povo palestino por sua libertação contra o apartheid feito por Israel”.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp