23/01/2023 às 13h24min - Atualizada em 23/01/2023 às 13h24min

Pará e Maranhão fortalecem parceria no turismo da Amazônia | Portal Obidense

Estados investem no projeto "Rota Amazônia", que visa articular atrativos da Amazônia para ganho de competitividade no mercado internacional

Da Redação
Agência Pará

Portal Obidense  Publicidade 790x90

Agência Pará
PARÁ - O secretário de Estado de Turismo do Pará (SETUR), André Dias, cumpriu extensa agenda na última semana, quando participou de visitas técnicas a atrativos, reunião com representantes do trade e o titular da Secretaria de Turismo do Maranhão, Paulo Matos, em São Luís, capital do estado vizinho. O encontro, que se encerrou no último domingo (22) fez parte do trabalho de articulação, desenvolvimento e fomento da Rota Amazônia, projeto que reúne atrativos do Pará, Amazonas e Maranhão, com foco principalmente no mercado de turismo de longas distâncias.
 
“Estamos muito entusiasmados em poder dar continuidade a um projeto que nós estamos trabalhando já há algum tempo, que é o 'Rota Amazônia'. Ele prevê a integração dos nossos destinos amazônicos para promoção desses produtos principalmente no mercado internacional. O ano de 2023 é para decolar de uma maneira bem forte e incisiva nesse mercado”, afirma André Dias.


 
Já o secretário de Turismo do Maranhão, Paulo Matos, destacou a importância do encontro com Dias. “Foi muito importante por conta do nosso projeto da Rota da Amazônia, que reúne Pará, Maranhão e Amazonas. Uma rota integrada, assim como já temos a Rota das Emoções, que já vendemos para outros estados do Brasil e o mundo inteiro. Num esforço conjunto, onde cada estado ficou de apresentar dois produtos. No Maranhão já escolhemos São Luís e Lençóis Maranhenses”, explicou.

 
A ideia do "Rota Amazônia" é unir os principais atrativos da Amazônia dos três estados, que mais recebem turistas na região, para ganho de competitividade no mercado internacional. A iniciativa privada tem sido convidada para aderir ao projeto, para que agências de viagem e operadoras de turismo possam vender esses roteiros e pacotes. A expectativa é que a rota possa gerar maior atratividade, acessibilidade e capacidade de geração de fluxo turístico na região.

 
O secretário do Maranhão, Paulo Matos, falou também da importância de um voo na Amazônia com ligação direta para a América do Norte, a linha Belém-Fort Lauderdale (Flórida, EUA), operado pela Azul. “Nós queremos atrair e aproveitar esse voo internacional vindo dos EUA com conexão em Belém para trazer o público norte-americano para conhecer esses nossos atrativos amazônicos. Esse é um esforço das esferas públicas, mas também com a participação ativa do trade turístico e empresários. Uma grande oportunidade para os estados amazônicos, num esforço unificado de promoção, divulgação e comercialização, que sozinhos não teríamos condições de fazer”, comentou.

 
O secretário do Pará, André Dias, lembrou o reconhecimento internacional que destinos da Amazônia têm obtido nos últimos anos. “Quero parabenizar o estado do Maranhão. Fiquei muito feliz quando vi na lista de sugestões de destinos para visitar este ano do jornal New York Times a presença dos Lençóis Maranhenses. É um motivo de muito orgulho para nós amazônidas. Eu tenho certeza que trabalhando em conjunto, aliando toda a atratividade do Pará, Maranhão e Amazonas, com a nossa malha aérea, vamos conseguir trazer mais turistas e assim gerar mais emprego e renda para a nossa população com o turismo”, concluiu.
 
 

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp