20/12/2022 às 16h32min - Atualizada em 20/12/2022 às 16h32min

Clientes da Equatorial Pará, com familiares com espectro autista, podem garantir descontos na tarifa de energia | Portal Obidense

Programa beneficia famílias de baixa renda com uma redução de até 65% na conta.

Da Redação
Portal Obidense
Portal Obidense
PARÁ - A Equatorial Pará, por meio da campanha “Energia Azul”, concede descontos na conta de energia para os clientes de baixa renda através do programa de Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) que contempla, também, famílias que possuem membros com o Transtorno do Espectro Autista (TEA). Com esta iniciativa, os descontos chegam a 65% da tarifa.

 
De acordo com Anderson Torres, gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Pará, esta é uma iniciativa que visa dar mais segurança às famílias que têm pessoas com autismo e que usam algum tipo de equipamento elétrico para tratamento continuado.

 
“O cadastro é importante pois garante um benefício às famílias e qualquer aparelho elétrico pode ser válido ao tratamento”, frisa Anderson.

 
O serviço é direcionado àquelas famílias com renda de até 3 salários mínimos e que possuem alguém com algum tipo de deficiência (física, motora, auditiva, visual, intelectual ou múltipla) cujo tratamento, procedimento médico ou terapêutico requeira o uso continuado de aparelhos. Para isso, é necessário que o Cadastro Único (CadÚnico) e o NIS (Número de Inscrição Social) estejam atualizados.

 
Para estes casos, o cadastro na TSEE precisa ser realizado nas agências de atendimento da Equatorial Pará, com apresentação de uma fatura de energia elétrica atual, conta contrato, RG e CPF, n° do NIS ou BPC dos beneficiários atualizados, e laudo emitido por profissional médico do Sistema Único de Saúde (SUS) ou homologado, certificando a situação de saúde, informando ainda qual aparelho elétrico é necessário, número de horas mensais e a previsão de período de uso deste.

 
A campanha “Energia Azul” possui a parceria da Equatorial Pará junto a Alepa, Defensoria Pública do Estado, Ministério Público e outras entidades representativas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp