10/07/2016 às 16h18min - Atualizada em 10/07/2016 às 16h18min

Espetacular, seleção Obidense da show em campo e torcida show nas arquibancadas

Óbidos vence Prainha e leva boa vantagem para partida na casa do adversário

Por: José Augusto Garcez
Foto: Mauro Pantoja e Augusto Garcez

ÓBIDOS - Fazendo valer o fator casa e apoiada pelos torcedores no Arizão, a seleção Obidense enfrentou a forte seleção de Prainha neste sábado e venceu por 3 a 1. Com o resultado, os donos da casa conseguiram, finalmente, mostrar um bom futebol durante os 90 minutos e contaram com a estrela de seus atacantes para espantar a dúvida que vinha cercando nossa seleção, com relação as suas atuações apagadas na segunda etapa nas últimas partidas.

Logo nos instantes iniciais, A seleção de Prainha conseguiu envolver a seleção obidense com seu toque de bola e foi superior no setor de meio campo. Vendo isso, o técnico Manoel Senair muda a formação da equipe em campo, Durú que começou na lateral esquerda, troca de posição com Fino que estava no meio. A partir desta mudança, a postura de

Óbidos é outra e equilibra a partida. Prainha que teve a melhor campanha da competição sentiu a força dos obidenses, dentro e fora de campo. Éder e Machiquinho falaram ao final da partida, quando os jogadores se reuniram em frente ao banco de reservas para agradecer a Deus. “Assim como eles venceram aqui por 3 gols, nós podemos vencer dentro de nossa casa. Assim como a torcida deles lotou o estádio e deu show, nossa torcida pode fazer o mesmo em Prainha”. Até os adversários reconhecem a força de nossa torcida. É verdadeiramente o décimo segundo jogador.

O Jogo

Começou a partida e Prainha tratou de fazer valer sua capacidade técnica com Machiquinho e Jardel desequilibrando logo nos primeiros minutos; emplacou boas jogadas de lado de campo, mas não conseguiu finalizar com gol. A seleção obidense respondia em contra-ataques, puxados por Nicoleto e Gunga.  Aos sete minutos, Prainha assusta com Éder finalizando de dentro da área; a bola passa muito perto do poste esquerdo de Jalico. Aos oito minutos, Nicoleto chuta e bola bate no poste esquerdo do goleiro Pedro. Aos nove, Jardel chuta e Jalico defende. Aos onze foi à vez do veloz Machiquinho, ele chuta e Jalico faz milagre no Arizão, o goleiro mergulha e salva no pé do poste direito. Aos 42 minutos,

um lance esquisito no Arizão, Marlison erra na frente de Machiquinho, o craque de Prainha dribla Paulinho e Jalico, chuta em gol, mais Marlison se recupera e evita o gol com classe, salvando com o peito. Aos 22 da segunda etapa, Pedro faz milagre ao evitar gol em cobrança de falta de Fino.

Óbidos volta Melhor no jogo na segunda etapa, tem maior posse de bola e leva perigo ao gol de Pedro. Mesmo dominante na segunda etapa, os Obidenses levavam susto sempre que Machiquinho e Jardel atacavam.  Bem postados, o setor defensivo obidense soube marcar os habilidosos jogadores de Prainha e evitar um resultado negativo dentro de casa.

Os Gols

Os donos da casa abriram o placar aos 24 minutos; Durú faz bela jogada pela esquerda, toca para Nicoleto que domina livre, gira e chuta para o fundo do gol. Aos 27, Machiquinho bate escanteio e Cobra toca para o fundo do gol, empatando e calando o Arizão. Aos 15 do segundo tempo aparece a dupla de ataque de Óbidos. Nicoleto lança, Gunga domina, brinca na frente da zaga de Prainha e faz o segundo de Óbidos, levando a torcida ao delírio. Aos 30, a volta do craque, Jiló invade pela esquerda, enfrenta a zaga e cruza para Gunga só escorar para o fundo da rede. É o terceiro de Óbidos que fecha o placar em 3 a 1. Resultado que da certa tranquilidade para a segunda partida.

Pacto pela vitória

Os jogadores obidenses fizeram um pacto pela conquista do título da copa oeste. A união é vista na equipe com bons olhos. Não se tem conhecimento de alguma situação que atrapalhe a equipe. Nem as mudanças constantes têm deixado os atletas descontentes, isto fortalece o espírito de equipe e da ao grupo o conjunto que se tem visto nas partidas. Além da união da equipe, ainda podem contar com o apoio da torcida que lotou o estádio nas partidas da equipe.

Segunda partida

Com a vitória em Óbidos, a seleção leva boa vantagem para a segunda partida no próximo sábado em Prainha. Poderá até perder por 1 gol que trás o título para Óbidos. A união dos atletas em volta desta partida é muito grande e Óbidos pode vir de Prainha com o tão sonhado título.

Ficha técnica

ÓBIDOS 3 X 1 PRAINHA

ÓBIDOS: Jalico, Éder, Paulinho, Marlison, Durú (Jiló), Duruti, Fino, Bery (Pumbik), Max, Gunga (Pelado), Nicoleto. Técnico: Manoel Senair, Auxiliar técnico: Renildo Andrade.

PRAINHA: Pedro, Maneco, Cobra, Feião, Jeová, Terçado, Danúbio, Éder (Ivan), Arlei (Gatinho), Jardel (Tuíca), Machiquinho. Técnico: Nelson Luiz

Local: Óbidos (estádio Ary Ferreira)
Horário: 18:15
Árbitro: Wilson Silva (Alenquer)
Assistentes: Edson Viana e Francinei Alencar (Alenquer)

Cartões amarelos: Marlison (Óbidos). Terçado e Feião (Prainha)

Gols:

ÓBIDOS: Nicoleto (1), Gunga (2)
PRAINHA: Cobra .

Renda: R$ 12.580,00

Publico: 2.900


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp