28/06/2016 às 17h14min - Atualizada em 28/06/2016 às 17h14min

Polícias Civil e Militar investigam série de arrombamentos que vem ocorrendo em Óbidos

Em menos de uma semana três estabelecimentos foram arrombados, polícia acredita que há ligação entre os crimes

Por: Walmir Ferreira
Foto: Divulgação/29º CIPM

ÓBIDOS – As polícias Civil e Militar de Óbidos estão trabalhando em conjunto para identificar os responsáveis por uma série de arrombamentos em estabelecimentos comerciais na cidade, que vem causando grandes prejuízos aos empresários obidenses.

O último caso foi registrado na madrugada desta terça-feira (28), em uma loja de confecções que fica localizada na Rua Antônio Brito de Sousa, no centro de Óbidos. Os criminosos arrombaram a porta da frente para ter acesso a loja, e levaram vários objetos da loja.

Só na semana passada foram registrados outros dois arrombamentos, com características parecidas com o que ocorreu nessa madrugada. Nos outros dois casos – no bairro de Santa Terezinha e na Cidade Nova – os criminosos também agiram de madrugada, arrombando a porta principal com uma barra de ferro ou pedaço de madeira, e colocaram pedras para facilitar a entrada.

O comandante da 29º Companhia Independente de Polícia de Óbidos – Sentinela da Amazônia (29º CIPM), tenente Arthur Vasconcelos, não descarta ligação entre os crimes, mas diz que a falta de informações dificulta o trabalho de identificação dos culpados. “Nenhum dos estabelecimentos arrombados tinha circuito interno de câmeras, mas estamos analisando se próximo a esses locais há alguma câmera de monitoramento que possa ter registrado a movimentação desses criminosos. Pelo modos que os arrombamentos foram feitos, nós acreditamos que possam ser os mesmos delinquentes”, disse o comandante da 29º CIPM.

No caso da loja de confecções e do salão de beleza que foi arrombado na semana passada, os criminosos tinham informações privilegiadas, e só levaram os produtos mais valiosos desses estabelecimentos. “Quem participou desses arrombamentos sabia o que levar, não foi pegando qualquer coisa. Por isso nós sempre orientamos que é preciso ter cuidado com quem sabe da rotina e como funciona esses locais, é importante não ficar divulgando em redes sociais a rotina da empresa, e trancar sempre bem as portas, da frente e dos fundos, isso pode até não impedir, mais dificulta a ação dos criminosos”, alertou o tenente.

O último arrombamento ocorreu por volta das 3h da madrugada, segundo o proprietário, que estima um prejuízo de aproximadamente 10 mil reais. “Eles levaram confecções masculina e feminina, materiais esportivos e vários outros objetos que nós ainda estamos levantando aqui, pra saber o valor real do prejuízo, mas eu estimo algo em torno de 10 mil reais”, disse Antônio Vieira, dono da loja.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp