09/06/2016 às 21h14min - Atualizada em 09/06/2016 às 21h14min

Vigilância Sanitária apreende mais de 130 Kg de carne bovina clandestina

Vigilância Sanitária apreende mais de 130 Kg de carne bovina clandestina

Por: Érique Figueirêdo
Fotos: Érique Figueirêdo

ÓBIDOS – O Departamento de Vigilância Sanitária (VISA) da Secretaria Municipal de Saúde de Óbidos (SEMSA), apreendeu na tarde desta quinta-feira (9), mais de 130 Kg de carne bovina, que deveria ser vendida para a capital amazonense. A apreensão ocorreu após os fiscais receberem uma denúncia anônima, informando que o carregamento chegaria a Óbidos na tarde de hoje, em um ônibus que faz linha entre as cidades de Curuá e Óbidos.

Os fiscais da Vigilância Sanitária, com o apoio da Polícia Militar, montaram uma barreira na Avenida Prefeito Nelson Souza, próximo à entrada da cidade, onde realizaram a abordagem ao ônibus e constataram a denúncia. Todo o material foi apreendido e levado para a sede do órgão.

Segundo o diretor VISA, Jalison Aquino, a carne veio de Curuá, cidade que fica localizada a 80 km de Óbidos. O carregamento não tinha nenhum laudo de inspeção sanitária, e estava sem os selos do Serviço de Inspeção Estadual e

Federal, que autorizam a comercialização do produto no estado do Pará e em outros estados da federação. “Essa carne não tem nenhum tipo de autorização dos órgãos fiscalizadores, para ser vendida para Manaus, ela ainda precisaria do selo do Serviço de Inspeção Federal, que é obrigatório para comercializar carne para outros estados da federação. Só nos foi apresentado uma nota de balcão que não tinha nenhuma informação”, relatou o diretor da Vigilância Sanitária.

A suspeita é de que a carne seja proveniente de algum abatedouro clandestino que fica na região de Curuá, já que não foi apresentada nenhum documento que comprovasse a procedência legal do produto.  O responsável pela carregamento se apresentou aos fiscais. “Ele foi informado da irregularidade que estava cometendo e foi informado também que a carne será incinerada. Nós não aplicamos a multa, apenas fizemos o trabalho de orientação nesse primeiro momento”, justificou Jalison.

Durante a fiscalização, os policiais militares fizeram uma revista no ônibus e encontraram 2 Kg de carne de caça, o responsável pela encomenda não foi localizado e a carne também foi apreendida, já que a comercialização de carne de caça é considerado crime ambiental.

Toda a carne bovina apreendida e os 2 Kg de carne de caça, foram levados para a área do lixão da cidade, onde foram inutilizados e incinerados em seguida.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp