16/04/2021 às 12h56min - Atualizada em 16/04/2021 às 12h56min

Na região Oeste do Pará, Estado altera bandeiramento para laranja e começa a amenizar medidas restritivas | Portal Obidense

Todas as determinações entrarão em vigor a partir da publicação com alterações do Decreto Estadual 800/2020, prevista para ocorrer nesta sexta-feira (16), no Diário Oficial (DOE).

Fonte: Agência Pará
Foto: Divulgação
PARÁ - O governador Helder Barbalho anunciou em suas redes sociais, na noite desta quinta-feira (15), que as regiões do Baixo Amazonas e Tapajós, no Oeste do Pará, saem do bandeiramento vermelho e avançam para o laranja, considerado de risco médio para Covid-19. Com a mudança, os municípios deixam de ter restrição de horários para circulação de pessoas, porém deverão resguardar ainda os protocolos de prevenção alinhados entre governo do Estado e prefeituras.

“Continuaremos com o olhar científico, com as ações de restrição e, principalmente, com as ações de saúde, ampliando a oferta de leitos, garantindo o atendimento das policlínicas e assistindo às pessoas. Acompanhem pelos decretos municipais as autorizações para que, em cada município, você possa estar sabendo aquilo que deve funcionar. Mas ressalto: todos usando máscara, buscando se proteger para garantir saúde para si e para quem você ama, para sua família”, ressaltou o governador. 

Ainda durante o pronunciamento, Helder Barbalho reforçou que continuam em bandeiramento vermelho as regiões Metropolitana de Belém, Marajó Oriental, Baixo Tocantins, Marajó Ocidental, Nordeste, Xingu, Carajás e Araguaia. Nestes municípios, o horário de restrição de circulação de pessoas sofrerá ampliação: das 22 às 5 h.
 
Os restaurantes que, até então, deveriam encerrar o expediente às 18 h, ficam autorizados a funcionar até 21 h. Da mesma forma, lojas de rua e shoppings centers poderão ficar abertos até 21 h.

De acordo com Helder Barbalho, a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em todo o Estado, atualmente, chega a 80,8%, e a de leitos clínicos a 57,8%. Há uma semana (8 de abril), o índice de ocupação de leitos de UTI era de 83,7%, enquanto que o de leitos clínicos chegava a 66,6%.

Por último, o governador disse que o Decreto Estadual 1.310/2021, o qual restringia a circulação, por via rodoviária e hidroviária, de passageiros entre os estados do Pará e Amazonas, já foi revogado. Ele anunciou ainda que, com as novas mudanças, fica autorizado o transporte fluvial para a região do Marajó, que até então seguia com restrições.

Todas as determinações entrarão em vigor a partir da publicação com alterações do Decreto Estadual 800/2020, prevista para ocorrer nesta sexta-feira (16), no Diário Oficial (DOE). 

Abertura do Terminal Hidroviário – A Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) informou nesta quinta-feira que as operações no Terminal Hidroviário de Belém (THB) serão retomadas às 06 h desta sexta-feira (16) para o Arquipélago do Marajó e Estado do Amazonas. Durante o período em que esteve fechado, o THB passou por total higienização. Também foram realizadas manutenções nas rampas metálicas e flutuantes.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp