26/05/2016 às 11h46min - Atualizada em 26/05/2016 às 11h46min

Fiscais da SEMMA flagram desmatamento e caieiras próximo a pista do aeroporto municipal

Os crimes ambientais estavam sendo praticados a poucos metros da pista, dentro do terreno que pertence a ANAC.

Por: Érique Figueirêdo
Fotos: Érique Figueirêdo

ÓBIDOS – Agentes de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Óbidos (SEMMA), realizaram uma operação na quarta-feira (25) para coibir o desmatamento na área que fica ao entorno da pista do Aeroporto Municipal de Óbidos, localizado na PA-254, próximo a saída da cidade.

Os fiscais da SEMMA receberam a denúncia, de que a área que fica a poucos metros da pista de pouso e decolagens estava sendo desmatada. Com o apoio da Polícia Militar, os agentes foram até o local e flagram dois homens desmatando o terreno que pertence a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). “Detectamos que grande parte da área já foi desmatada, e descobrimos que há casos de pessoas que estão vendendo terrenos nessa área que é da União. O que deve haver é uma fiscalização mais intensa, e uma ação da própria Anac para evitar a exploração daquela área, todos as pessoas que foram encontradas foram retiradas de lá e serão notificadas”, explicou Neila Maria Farias, assessora jurídica da SEMMA.                     

Em outro ponto do terreno, foi encontrada uma “caieira”, onde uma grande quantidade de carvão vegetal era produzido. O responsável informou aos agentes que havia comprado o terreno a pouco tempo, pelo valor de 2.500 reais. A SEMMA interditou o local e determinou a retirada de todo o material. “As pessoas flagradas cometendo os crimes ambientais informaram que estavam ali a mando de outras pessoas, e no caso dessa caieira o responsável disse que comprou o terreno. Todos foram notificados a prestar esclarecimentos, para que possamos identificar quem está se colocando como dono dessa área, e acabar com essa prática ilegal”, ressaltou Neila Maria.

Durante a operação foram encontradas várias casas que também foram construídas irregularmente na área que pertence ao aeroporto. Os proprietários afirmaram que tem autorização da ANAC para construir as edificações naquele local, mas não apresentaram nenhum documento para comprovar, o caso será investigado junto a Agência de Aviação Civil.

Segundo informações repassadas pelo administrador do aeroporto de Óbidos, uma determinação do Comando da Aeronáutica, proíbe ocupações em um raio de 1.500 metros ao entorno da pista.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp