21/06/2019 às 16h31min - Atualizada em 21/06/2019 às 16h31min

Suspeito de matar professor se entrega para polícia em Óbidos

Inf. Polícia Civil de Óbidos
Por: Hayme Amorim
Foto: Policia Civil
ÓBIDOS – Um homem identificado como Leonardo Soares de Souza se apresentou na 29° CIPM na madrugada desta sexta-feira (21) por volta das 02h da manhã, ele apresentou uma arma que supostamente teria sido usada no crime, com alegação de ter matado o professor Amizael da Silva Moura. A polícia militar através do cabo Branches, conduziu o suspeito até a delegacia de Polícia Civil de Óbidos para os procedimentos judiciais cabíveis ao caso.

O crime ocorreu no dia 16 de junho (domingo), quando a vítima o professor Amizael foi encontrado morto com marcas de tiro, por populares na estrada da comunidade Capim Cheiroso.

A polícia, estava à procura do suspeito devido as investigações levarem a ele, segundo a polícia, uma história que envolve outras pessoas, o que a polícia está apurando é o envolvimento da esposa da vítima, agora viúva, de manter um caso extra conjugal com o suspeito, agora real confesso.


O Crime

A Polícia Civil foi acionada pela polícia Militar na noite do último domingo (16), por volta das 20h, após denúncias de um suposto homicídio na comunidade liberdade, onde de imediato os mesmo se deslocaram para o local, na estrada do Capim Cheiroso, onde o corpo da vítima se encontrava.
Após diligências com o corpo da vítima ainda em viatura, as investigações para a localização de um suspeito iniciaram. Segundo informação repassadas pelo investigador Paulo Barsano, o que chamou a atenção, foi que a viúva de Amizael, afirmar não conhecer Leonardo que também é conhecido como Bebê (acusado) e não ter nenhum tipo de contato com o mesmo, fato que não batia com outras informações já colida pelos investigadores.

As investigações continuaram e tudo indicava Leonardo sendo o principal suspeito, ele passou a ser procurado. Após recolher depoimento de familiares, amigos e conhecidos da vítima para que pudessem conseguir algo e nessa procura a Polícia descobriu que na verdade a viúva de Amizael não só conhecia Leonardo como também tinha um caso de algum tempo com o mesmo.

Outras informações repassada pela polícia, foi que a arma utilizada para a realização do disparo era do sogro de Amizael. Após o colhimento de vários depoimentos à Polícia chegou a uma conclusão, o crime contra o Professor Amizael foi planejado. "Este crime já havia sido planejado, houve planejamento antes, durante e depois do feito, pois após o ato cometido o acusado retornou até a comunidade conversou com a mãe dele, onde tudo foi preparado para sua fuga. Tem muitas pessoas envolvidas nesse crime e continuaremos com a investigação". Disse o Investigador Paulo Basano.

O crime ocorreu 2 semanas após Amizael fazer um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia do município de Óbidos contra Leonardo. A viúva de Amizael contou a Leonardo que o mesmo havia procurado as autoridades. O professor foi motor com 2 tiros.
 
Contato - O Portal Obidense, equipe de Óbidos tem um novo número de Whatzapp, para entrar em contato pode enviar mensagem a qualquer hora para o número (93)9 9197-6588
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Findando o período letivo qual a matéria mais difícil de passar?

6.4%
10.0%
45.0%
10.7%
15.7%
4.3%
7.9%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp