24/10/2018 às 18h32min - Atualizada em 24/10/2018 às 18h32min

Obidenses em Manaus organizam grupo de pesca, revivem momentos da adolescência garantem diversão e ainda o alimento

A algum tempo os jovens em Óbidos seguiam como profissão a do pai, que em sua maioria eram pescadores, de profissão a diversão assim a técnica da pesca é exercida por filhos de Óbidos em Manaus

Por: Walmir Ferreira
Fotos: Walmir Ferreira
MANAUS – Um grupo de Obidenses, que residem em Manaus, capital do Amazonas, uniram o útil ao agradável, o que faziam separados, juntaram através de um grupo de Whatzapp, chamados “Amigos da Pesca”, onde falar de outro assunto sem ser pescaria é proibido, de política então nem pensar.

Os membros, não são marinheiro... ou melhor dizendo, pescadores de primeira viagem, pescar fez por muitos anos, parte de seu dia-a-dia e cotidiano, aprenderam ainda com os pais essa arte milenar.

Na época se pescava como meio de sobrevivência e conseguir renda para ajudar em casa e a família, em Óbidos eles pertenciam a famílias de baixa renda, onde pegar uns peixes era garantir o sustento da família.


Devido a várias circunstância, estudar, trabalhar conseguir uma profissão, saíram de Óbidos e foram para Manaus. Após se estabilizarem e conseguirem emprego, sentem saudade dos tempos onde viviam em uma vida “Mansa” em Óbidos, devido ao agito da cidade grande a falta de tempo para diversão, situação econômica do país com problemas, se uniram e de forma organizada aproveitam que estão na Amazônia, e saem para se divertirem com a pesca.

Quase todos os finais de semana se reversam com a pesca de recreação, segundo o grupo, pescar que para muitos é um esporte caro, para eles não, pois descobriram como contabilizar e dividir os custos, primeiro que não tem barco ou lancha, e segundo que todas as despesas são divididas em partes iguais, dessa forma o custo é 80% menor que o benefício. Além de se divertirem eles ainda fomentam a renda dos ribeirinhos por onde passam. Canoas, barcos, voadeiras e o serviço de um guia é contratado no local próximo ao lago.

No último final de semana o Portal Obidense, foi tirar essa história a limpo onde, acompanhou um grupo de 6 pescadores, que saíram para pescar no sábado, pernoitamos no lago a noite e voltamos no domingo, não pense que fomos somente para registrar, nada disso, entramos na contabilidade do grupo com os custos em partes iguais e desembolsamos em média 79,00 reais, mas acreditem valeu apena o valor pago realmente não condiz com a diversão  e bons momentos que passamos juntos, até luau de violeiros teve no meio da flores, no escuro e as margens do igarapé do Ariau.

A pesca, é feita com muita organização, detalhes, regras, inclusive que cuidado com o meio ambiente, nada poderá ser deixado para trás, principalmente se for sacola, garrafas de pet entre outras, ao deixar o acampamento tudo tem que ser limpo, para voltar e manter o respeito com a mãe natureza.

Foi realmente uma experiência impar e gratificante, onde esquecemos o stress do dia-adia e a correria da cidade grande, na reunião no acampamento se fala de todos os assuntos até mesmo de política, só é proibido no grupo de whatzapp.

O grupo de pescadores de recreação, é formado por pessoas de diversas profissões, como Comerciário, industriário, advogados, empresário, mecânico, contadores, prestadores de serviços em geral.

O Portal Obidense, fez transmissões do local, registramos com imagens e vídeo, para ver nossa chegada, luau e saída só clicar nos comandos abaixo. Encontro com a natureza paisagens espetaculares.

CLICK AQUI – Veja a chegada no acampamento
CLICK AQUI – Veja o anoitecer e o luau no acampamento
CLICK AQUI – Veja a saída do acampamento.
CLICK AQUI – Veja as fotos da pescaria

Assita o vídeo abaixo

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp