24/07/2018 às 13h55min - Atualizada em 24/07/2018 às 13h55min

Nápoli de Terezinha recebe seleção máster de Curuá na festa das faixas Time joga mal, ataque não funciona e placar fica zerado

Por: Augusto Garcez
Fotos: Augusto Garcez
ÓBIDOS - Em tarde que nada dava certo para o campeão da Copa “Romualdo Batista do Amaral Filho”, o time do Nápoli de Terezinha jogou uma partida para ser esquecida. Nada dava certo. O meio campo pouco criou, o ataque desperdiçava oportunidades claras com Renê, Garrincha e Farofa. Os erros levaram o ataque ao nervosismo e as reclamações iam aparecendo. O campeão obidense de máster não se entendia em campo.

A seleção de Curuá veio forte, mas também não aproveitou as oportunidades que apareciam e não mexeu no placar. João comandava o meio campo, mas o ataque não funcionava.

A partida foi marcada pela contusão do goleiro Edinaldo, que substituíra Sarará. Ele sofreu um baque que o forçou a deixar o campo, dando lugar novamente a Sarará.

Equilíbrio determinou o ritmo da partida, que mesmo com os vários erros de finalizações, foi bem disputada e marcou a rivalidade no futebol, entre as duas cidades que sempre tiveram ótimos embates dentro de campo, quando se enfrentaram. 

A partida começou com a festa da entrega de faixa aos campeões do Nápoli de Terezinha. Muita emoção com os familiares e amigos fazendo a entrega das faixas, mesmo esta ação já tendo sido vivido por vários que estavam em campo pelo Nápoli. Acostumados a papar títulos no futebol obidense, os campeões aumentaram o número de coleção de faixas e levaram mais uma para casa.

Após a partida a festa continuou na residência do atacante Garrincha. Ali a confraternização imperou e a resenha rolou solta. A Garantia na sequência do trabalho para as próximas competições foi firmado. Agora que venham os adversários, eles que se preparem para acabar com a hegemonia do Nápoli no futebol de Óbidos.

Ficha técnica
Nápoli de Terezinha (0): Sarará (Edinaldo, depois Sarará), Joãozinho, Ivo, Valdir (Binha) e Pelé (Dan); Rosi, Délio, Farofa (Robson) e Nêna (Fçávio); Renê e Garrincha. Técnico: Evaldo.
Seleção do Curuá (0): Cupido, Patinho, Vagner, Pico, Barrela (Ermito); Lady (Mery), China (João, depois Mauro), João (Inacinho), Willian (Everaldo); Birré (Marquiell) e Franciney. Técnico: Inacinho
Árbitro: Lenilson
Auxiliares: Edson Gama e Raça

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp