13/07/2018 às 13h51min - Atualizada em 13/07/2018 às 13h51min

Mesmo após pedido da justiça para invasores deixarem a área que pertence a COSANPA, alguns ocupantes ainda permanecem por lá

A área invadida é de proteção permanente e precisa ser preservada, devido a fonte de água que abastece parte da cidade de Óbidos, quem desobedecer a justiça poderá ser enquadro por crime de desacato

Por: Elton Pereira
Foto: Elton Perreira
ÓBIDOS - A invasão aconteceu a pouco mais de 3 meses, quando aproximadamente 80 famílias invadiram a área que pertence a Companhia de Saneamento do Pará, conhecida como aveia, localizado no bairro do São Francisco, antes da invasão o espaço servia como lixão ilegal de várias pessoas que diariamente despejavam ali resíduos de diferentes características.

Após a invasão a vegetação foi retirada pelos invasores, e por muitas vezes à fumaça gerada pela queimada de arvores prejudicou os moradores que residem próximo ao local, além de ter causado mal que ainda não foi calculado ao meio ambiente.

A pouco mais de 1 mês uma determinação da justiça pediu a desocupação da área, muitos acataram, outros ainda permanecem no local. Barracos e demarcações são facilmente encontrados ali.

A preocupação da COSANPA é que com a retirada da vegetação, o principal ponto de captação de água da cidade possa sofrer danos ainda maior devido as enxurradas que podem arrastar dejetos para os pontos de captação e com isso afetar a qualidade da água consumida pela população, bem como com a possibilidade da redução do liquido nos poços, causado principalmente pela ausência de mata auxiliar.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp