14/04/2018 às 08h27min - Atualizada em 14/04/2018 às 08h27min

Historiador é selecionado para atuar como técnico social dentro do Programa Territórios Sustentáveis

Após participação de atividade de campo, dinâmica de grupo, entrevista Adejair Mota foi selecionado para atuar como técnico social dentro do eixo Capital Social em Oriximiná

Foto: Martha Costa

ÓRIXIMINÁ - Atuar com a gestão administrativa, contábil e organizacional de associações, cooperativas, sindicatos, grupos informais, conselhos municipais, redes, fóruns, fortalecimento institucional de organizações de base comunitária e conselhos municipais, orientação técnica voltada para elaboração, gestão de projetos e captação de recursos, participação em eventos formativos, de avaliação e planejamento voltados para aperfeiçoamento do Programa, entre outras atribuições serão apenas algumas das funções a serem exercidas a titulo de experiência pelo historiador Adejair José dos Santos Mota, que foi selecionado para a função de técnico social no Programa Territórios Sustentáveis no eixo capital social.

Adejair José dos Santos Mota é bacharel em história formado pela Universidade Federal do Pará, tem experiência na área educacional em escolas de comunidades tradicionais (quilombolas e indígenas) e foi selecionado para atuar em Oriximiná no fortalecimento institucional de associações e conselhos municipais no âmbito do eixo capital social.

Ao todo 45 profissionais de Oriximiná de diferentes áreas, participaram da seletiva que foi realizada por meio da recepção dos currículos via email, encerrada em dia 16 de março, pré-seleção, divulgada em 20 de março, e avaliação que foi realizada por meio de participação em atividade de campo, dinâmica de grupo, entrevista e redação, realizadas nos dias 22 e 23 de março, na sede do município.

O Programa Territórios Sustentáveis é uma iniciativa que visa contribuir para a construção de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável nos municípios de Faro, Terra Santa, Oriximiná nos eixos Gestão Pública, Gestão Ambiental, Desenvolvimento Econômico, Capital Social e Quilombola. O programa terá duração de quinze anos e é fruto da gestão integrada na Amazônia de três organizações sociais, Agenda Pública, Ecam e Imazon, com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp