27/12/2017 às 17h38min - Atualizada em 27/12/2017 às 17h38min

Corpo de homem desaparecido a dois dias, foi encontrado nas proximidades do matadouro no rio Trombetas em Oriximiná

Por: Márcio Garcia
Fotos: Márcio Garcia

ORIXIMINÁ – Policia Militar acionou o corpo de bombeiro municipal para juntos regatarem um corpo que foi avistado por populares as margens do rio Trombetas nas proximidades do matadouro.

Após a remoção para o necrotério, o bombeiro Civil Reco falou com nosso correspondente Márcio Garcia sobre a retirada do corpo da água: “Estávamos em nossa base quando recebemos uma ligação da Polícia Militar, que estava boiando um corpo nas imediação do matadouro, nos deslocamos para o local da ocorrência e constatamos realmente, fizemos a remoção do corpo até a rampa da barreirinha e depois para o necrotério”.

Perguntado por Márcio Garcia, sobre como estava o estado do corpo, o bombeiro Civil adiantou que a análise caberia a polícia Civil, mas disse: “Avia indícios de execução, pois nas costas muitos buracos que parecem ter sido feito por faca... claramente fazem uns dois dias que ele foi morto”.

Pelo forma e jeito como o corpo estava, após investigação da polícia Civil poderá chegar a conclusão. Mas além dos golpes de faca, ele estava amarrado, com perfuração de tiro de revólver e a língua cortada, como se os executores quisessem mandar um recado.

O corpo foi identificado como sendo de Melk Zedeque Penha Soares de 26 anos, não tinha trabalho fixo e era usuário de entorpecente, segundo informações ele estava marcado para morrer por ser suspeito de informar sobre remessas de envio e recebimento de drogas na cidade. O que se fala em Oriximiná é que existe uma quadrilha que elaborou uma lista de nomes de pessoas marcada para morrer, entre usuários que estão devendo o tráfico e aqueles que são considerados problemas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp