12/12/2017 às 17h51min - Atualizada em 12/12/2017 às 17h51min

Marido leva amante para apresentar a sua esposa em sua residência. Um triangulo amoroso que se transforma em ameaçada de morte.

Por: Márcio Garcia
Fotos: Márcio Garcia

ORIXIMINÁ – Um caso que parece ter saído de um conto ou romance de alguém que poderia dizer que não tem limites para a infidelidade. Uma narrativa que nem mesmo nosso nobre escritor Machado de Assis conseguiu narrar, mesmo tendo contado para o mundo a história de sua personagem Capitu no seu célebre livro Dom Casmurro!

Em Oriximiná no oeste paraense aconteceu na segunda-feira (11) um caso de traição e infidelidade, caso tenso com ameaça de morte, o marido que não teve seu nome revelado, levou a amante até a sua residência e apresentou a sua esposa. Imagina o susto e desespero da mulher que tem com ele um filho de apenas 9 meses de idade.

Na apresentação da amante, o clima ficou tenso, pois a outra se sentiu a dona do pedaço e foi logo notificando que a dona da casa deveria deixar seu lar, pegar sua prole, um filho de apenas 9 meses e ir embora. A ordem, para deixar a casa era de imediato e que ela voltaria a noite, caso houvesse a recusa, sua vida estaria em risco, a esposa traída entrou em desespero, indefesa sua única solução era pedir ajuda.

A noite por volta das 20h, o marido e a amante voltam para verificar se sua ordem fora cumprida, sem ter para onde ir com um filho pequeno, a dona de casa não saiu, foi então que a amante com um punhal na mão partiu para cima, determinada a cumprir com sua promessa a única solução foi a mãe pegar seu filho de 9 meses e colocar em seus braços com uma forma de se proteger das ameaças somente assim o marido interferiu e não permitiu que a amante cumprisse com o prometido.

Para a mãe traída a noite demorou uma eternidade, nesta terça nas primeiras horas da manhã ela foi na delegacia prestar queixa e pedir proteção, com medo de ser assassinada ela está decidida a abandonar a casa e voltar para a sua cidade natal Santarém – PA.

Depois do registro e a queixa à polícia deteve o marido, mas a amante está solta, no final da matéria uma quarta pessoa apareceu no caso e agora o “feitiço virou contra o feiticeiro”.

A amante mandona é casada e seu marido está cumprindo pena por tráfico e já mandou um recado que dia 20 estará em Oriximiná, provavelmente no induto de natal e já falou que vai matar o homem que está com sua esposa.

Esse caso poderá tomar proporções ruim se algo não for feito, pois de um triangulo amoroso agora aparece uma quarta pessoa e muito furiosa por também se sentir traído.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp