10/08/2017 às 13h27min - Atualizada em 10/08/2017 às 13h27min

Pecuarista em Oriximiná, após fazer um bom negócio com a venda de gado, foi para diversão, dormiu com a amada e acordou na sarjeta.

De: Oriximiná
Por: Márcio Garcia
Foto: Marcio Garcia

ORIXIMINÁ – O caso aconteceu na cidade de Oriximiná, no oeste paraense, parece ser mais um caso de um feliz sonhador ou história de um boêmio.

A realidade é mais cruel, e pode acontecer com qualquer pessoa, ninguém está livre das armadilhas sedutoras da beleza e das coisas que o mundo oferece do prazer e diversão.

Homem trabalhador, Sr. Marcos Antônio dos Santos, 55 anos de idade é um pequeno pecuarista, que ganha a vida e tira da terra com muita lida e suor os rendimentos para o seu sustento.

Reuniu algumas cabeças de gado e foi para a cidade, na terça feira (08) vender para investir no campo, após a realização do negócio, recebeu o dinheiro à vista e com o bolso cheio e feliz, ao passar pelos bares da 24 de dezembro, visualizou uma linda mulher, a qual já teria contanto em diversões anteriores, em seus cálculos gastaria apenas R$ 50,00 (Cinquenta reais), mera coincidência com a música sertaneja de Maiara e Maraysa (Marília Mendonça), com ela e mais alguma coisa com a gelada, para quem teria feito um bom negócio, isso não seria um desfalque.

Rolou o clima, uma cerveja, depois outra, uma empolgação e alegria, a companheira faz o convite para finalizarem em sua casa, ele aceitou prontamente, um convite irrecusável tudo estava dentro do programa, pegaram um taxi, porém apareceu uns amigos, mas como já estava tudo certo todo seguiram para a casa da mulher.

Chegando lá, foi mais festa e bebedeira, seu Antônio, começou a dar intervalos de cochilos como se fosse um sonho em uma festa com os amigos e derrepente tudo apagou!

Quando acordou era madruga, um silêncio, uma solidão, um vento frio batia em seu corpo. Buscou saber onde estava, quando caiu em si, descobriu que fora jogado na sarjeta, buscou na memória as lembranças da noite passada da alegria e diversão, quando despertou! Surgiu a realidade, ao colocar a mão no bolso, a surpresa fez o coração acelerar, estava sem nada, tudo tinha desaparecido, a alegria, a diversão e principalmente o dinheiro da venda do gado.

Sem saber o que fazer, sem dinheiro para a condução, foi direto para delegacia registrar o caso da noite anterior onde imagina ser apenas um momento de lazer e diversão acabou sendo uma triste história de um boiadeiro errante! Que poderia sim, ter ido para casa, mas resolveu parar e se divertir um pouco, não contava com a maldade das pessoas, foi enganado.

Os dois voltarão a se encontrar, mas agora por meio de uma intimação na delegacia, uma história que não acabará em final feliz.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp