22/05/2017 às 12h34min - Atualizada em 22/05/2017 às 12h34min

Acusado de roubo de botijas, foi capturado por populares no centro comercial de Óbidos.

Após perseguição e captura, pessoas enfurecida com o acusado, começaram o processo de lixamento que não teve continuidade com a chegada da polícia.

Por: Walmir Ferreira
Fato: Policia Militar

ÓBIDOS - Já imobilizado e com alguns machucados o acusado de furto não conseguiu fugir e foi pego por populares e pelas vítimas no Centro Comercial da cidade de Óbidos. Eram pouco mais de 11:30 da manhã desta segunda-feira, 22 de maio quando José Paulo da Silva Alvarenga de 48 anos foi capturado por populares no centro comercial de Óbidos. José Paulo é acusado de ter cometido furto de botija de gás no último sábado, 20 de maio, cometido numa pequena embarcação.

Este crime ocorreu por volta de 11 horas da manhã de sábado, dia 20 de maio. A pequena embarcação estava

ancorada no porto da Colônia de Pescadores Z-19 de Óbidos, no centro da cidade, às margens do laguinho pauxis. As câmeras de segurança flagraram o furto na embarcação. O acusado levou uma botija de gás. As vítimas notaram a ausência do material e buscaram ajuda na Colônia de Pescadores. Por sorte, o circuito interno flagrou um suspeito fugindo com a botija de gás. Para as vítimas, a intenção do acusado era levar o motor da embarcação.

Com as características do suspeito os proprietários da embarcação saíram a busca do acusado. Na manhã desta segunda-feira (22) as vítimas se deslocaram ao Centro Comercial da cidade e por ironia do destino, o mesmo suspeito do crime de furto à embarcação teria se envolvido em outro furto, desta vez num comércio local. Segundo testemunhas, o acusado teria furtado uma lata de tinta, mas a informação não foi confirmada.

O suspeito foi perseguido por populares e para seu azar entre os perseguidores estavam as vítimas do furto cometido e flagrado por José Paulo no sábado anterior. As vítimas reconheceram o suspeito e conseguiram capturá-lo. Com ajuda de populares o acusado foi rendido e imobilizado no porto flutuante no centro da cidade.

Em depoimento a reportagem o suspeito disse que furtou a botija de gás porque estava precisando de dinheiro. Quando perguntado se estava sob efeito de algum produto entorpecente ou bebida alcoólica o acusado foi seguro em dizer que estava bêbado. A botija de gás foi vendida por 120 reais para o proprietário de um flutuante que teve de comparecer à delegacia por receptação de objeto furtado.

José Paulo da Silva Vasconcelos foi preso e pode responder pelo crime de furto, mas deve agradecer a presença da Polícia Militar já que os ânimos dos populares já estavam alterados e o acusado ainda levou socos e ponta pés antes de ser imobilizado.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp