12/03/2017 às 11h47min - Atualizada em 12/03/2017 às 11h47min

Menor mata madrasta a golpe de faca em balneário bastante movimento de Oriximiná.

Por: Márcio Garcia
Foto: Márcio Garcia

ORIXIMINÁ – Homicídio em Oriximiná envolvendo família choca as pessoas em uma história de conflitos, discussão, bebida alcoólica e uso de entorpecentes.

O crime aconteceu no balneário da Laudica, muito frequentado por cidadão da cidade de Oriximiná no oeste do Pará. A vítima e natural de Santarém não tem parentes em Oriximiná só o marido, ela deixa uma filha de um ano e quatro meses.  

O acusado do crime é o menor M. C. M de 16 anos de idade, por volta das 11hs do sábado em rodada de bebida e jogo de dominó, ouve um

desentendimento entre ele que era enteado e a madrasta, que não ficou na discussão e partiram para agressão física, foi onde o enteado desferiu 10 golpes de faca em sua madrasta de nome: Francinilda da Silva Viturino (foto) de 27 anos natural de Santarém – PA. Que não resistiu e foi a Óbito.           

Segundo informações do pai do menor infrator, enteado e madrasta não tinham uma boa convivência e viviam em conflitos, com discursão e brigas frequentes.                       

Logo depois do crime. O suspeito foi no hospital municipal por volta das 11h:45mn, fazer um curativo na mão que estava com um corte. Lá ele falou para enfermeira de plantão que teria desferido várias facadas na madrasta.

O Portal Obidense através de nosso corresponde Márcio Garcia, falou com SGT Jefre da polia Militar: “Tivemos um chamado do Hospital por volta das 02h:35mn, mandamos uma diligencia ao hospital, mas a pessoas não estava mais lá. Recebemos as informações por volta das 03:31 de domingo, via rádio que um cidadão chegou na frente do SAMU com uma senhora ferida a facas, sendo que a mesma já estava morta, nos deslocamos até o local para verificar e constatamos que era da situação que tinha acontecido lá na Laudica, não se sabe o porquê o esposo dela demorou o acionamento da polícia e do atendimento dela no pronto socorro, ele informou que o crime foi cometido pelo filho dele. Fizemos várias diligência na casa da genitora dele, mas ele não foi localizado, mas segundo sua mãe ela apresentaria o filha na delegacia nas primeiras horas da manhã”.         

Na manhã deste domingo (12) a mãe do acusado fez o que prometera e apresentou o menor a polícia, o delegado plantonista Luciano acionou a promotora, que decidiu que o menor responda em liberdade. O escrivão irá colher o depoimento do menor depois irá liberar.

Nosso correspondente Marcio Garcia falou na delegacia com a mãe do acusado a senhora Francimar da Conceição que está muito triste com a situação e disse: “Eu não esperava que acontecesse isso, mas o culpado é o pai dele, sobre aquele lugar que não tem moralidade, entra tudo o que não presta lá, droga e bebidas, eu já tinha tirado meu filho de lá, pois não é um ambiente para ele, eu já tinha matriculado ele para estudar,

mas ele voltou pra lá para acontecer isso, mas digo a culpa toda é do pai dele que inclusive fala que não tem justiça pra ele”.

Na oportunidade Marcio Garcia Falou com o acusado menor MCM, que não demostrou arrependimento: “Ela bebeu, ficou porre, começo a brigar com papai, começou a me chamar nomes (palavrões), eu partir pra cima dela, dei um murro nela e falei que eu ia matar ela. Ela veio pra cima de mim, tentou me furar com um gogó de garrafa ela errou e eu dei-lhe nela um “bucado” de facada, o papai veio para querer me matar também eu corri, pedi ajuda e fui pra cidade. Agente não se dava bem e eu já tinha falado pro meu pai que um dia ela ia se ver comigo, eu matei ela e não estou arrependido”.

IPC Vicente foi até o local do crime é colheu todas as informações, inclusive encontrou a faca que foi usada no crime. A policia Civil irá investigar o crime, pois existe algumas divergência nas informações, inclusive os horários das ocorrências do acontecido nos depoimentos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp