22/02/2017 às 20h49min - Atualizada em 22/02/2017 às 20h49min

Aconteceu em Óbidos o projeto Bibliocine discute combate à exploração sexual infantil.

Por: Renata Dantas
Foto: Ufopa

ÓBIDOS - A Ufopa promoveu, no dia 15 de fevereiro, mais uma edição do projeto Bibliocine. Dessa vez o projeto chegou ao campus da Universidade na cidade de Óbidos. A sessão contou com mais de 55 participantes, incluindo alunos do curso de Pedagogia e dos cursos de graduação do Parfor, além de membros da comunidade externa. “Nossa intenção é que não haja distanciamento entre a universidade e a biblioteca, que atua como agente cultural, permitindo que todos tenham acesso à informação”, explica a bibliotecária Carla Girard, vice-coordenadora do Bibliocine.

Em Óbidos, o público assistiu aos documentários “Canto de Cicatriz” (2005), “Violência sexual no Marajó: diálogos pela infância e adolescência” (2015) e “Violência sexual contra crianças: como a escola pode ajudar uma criança vitimada” (2013).

O combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes foi o tema do debate que se seguiu às exibições dos filmes. A discussão foi mediada pelo servidor da Ufopa em Óbidos, Rômulo Viana, e contou com a participação da pedagoga Alessandra Ribeiro, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPA/Óbidos); da professora Marilene Barros, da secretaria municipal de Educação de Óbidos; e do representante do Conselho Tutelar do município, José Paulo Castro.

De acordo com a vice-coordenadora, a proposta do projeto é de não ficar restrito apenas à sede da Universidade, em Santarém. Depois de realizar edições em Oriximiná e Óbidos, a intenção é promover uma sessão no Câmpus de Juruti, em março deste ano. “Também pretendemos realizar outra edição em Oriximiná, em alusão ao dia do bibliotecário, comemorado em 12 de março”, adianta.

Sobre o projeto - O BiblioCine é um projeto de extensão do Sistema Integrado de Bibliotecas (Sibi) da Ufopa que, por meio da exibição de filmes e documentários, visa promover atividades audiovisuais como incentivo à leitura de obras do acervo de livros relacionados às temáticas dos filmes exibidos. Os filmes selecionados fazem parte e estão disponíveis no acervo audiovisual das unidades do Sibi. Trazendo o cinema para dentro da Universidade, o projeto pretende transformar o espaço educacional da Biblioteca em um ponto multicultural e de lazer para a comunidade interna e externa à Instituição.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp