09/02/2017 às 10h09min - Atualizada em 09/02/2017 às 10h09min

Defesa Civil orienta comunidades ribeirinhas sobre como acionar o órgão em situação de risco

Novas visitas estão sendo agendadas a outras comunidades da área de várzea, para realizar o trabalho de orientação.

Por: Érique Figueirêdo
Ascom/PMO
Fotos: Mauro Pantoja – Ascom/PMO

ÓBIDOS - Moradores das comunidades Santa Helena e São João, localizadas na região da Ilha Grande, no município de Óbidos, no oeste do Pará, receberam orientação dos agentes da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, por meio de palestras, sobre como acionar o órgão diante de uma situação de emergência.

A ação da Defesa Civil visa conscientizar as populações afetadas pelas grandes enchentes, de quando e como podem ser feitos os pedidos de cestas básicas, madeira, identificação de áreas de risco, e até mesmo remoção de famílias em situação de perigo. 

Para auxiliar no trabalho de orientação, um panfleto com informações sobre as atribuições da Defesa Civil, produzido pelo órgão em parceria com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Óbidos, foi distribuído entre os comunitários. “Esse trabalho de educação é primordial para que os ribeirinhos saibam quando eles podem contar conosco. Estamos nos aproximando do período mais intenso do inverno amazônico, e esse trabalho é essencial”, explicou Ary Franco, coordenador da Defesa Civil. 

A região visitada pelos agentes é uma das mais afetadas no período da enchente, e apresenta as maiores demandas de pedidos de auxílio aos moradores afetados com a elevação do nível do rio Amazonas. O momento serviu também para esclarecer algumas dúvidas dos comunitários, que fizeram vários questionamentos, quanto a atuação da defesa. 

O vice-prefeito de Óbidos, Isomar Barros, acompanhou as visitas e conversou com os moradores. Na oportunidade o gestor afirmou que a administração pública está se organizando para atender as necessidades das populações ribeirinhas mais afetadas com a enchente. “Nossa coordenadoria já está atuando no levantamento das informações, para que possamos nos planejar e auxiliar da forma mais imediata possível, os moradores dessas áreas. Sem dúvida é nossa prioridade prestar auxílio aos nossos ribeirinhos”, garantiu o vice-prefeito.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp