27/03/2024 às 15h07min - Atualizada em 27/03/2024 às 15h07min

Navio perdeu controle pouco antes de colidir contra ponte

Ao menos sete pessoas seguem desaparecidas após o ocorrido

Da Redação
Pleno News

Fotos: Reprodução

ESTADOS UNIDOS - O cargueiro Dali notificou às autoridades que havia perdido controle e propulsão ao sair do Porto de Baltimore, na costa leste dos Estados Unidos, pouco antes de colidir e causar o colapso da ponte Francis Scott Key, segundo um relatório da Agência de Segurança Cibernética e Segurança de Infraestruturas (CISA, na sigla em inglês).

O acidente ocorreu por volta da 1h30 (hora local, 2h30 de Brasília), quando o cargueiro colidiu contra a ponte construída em 1977 e provocou o seu colapso quase total e o desaparecimento de pelo menos sete pessoas.

– O navio notificou o Departamento de Transportes de Maryland (MDOT) de que tinha perdido o controle e que era possível uma colisão com a ponte – afirma o relatório citado pela emissora ABC, que aponta que o impacto do enorme cargueiro contra um dos pilares da ponte Francis Scott Key causou “um desmoronamento total”.

Imagens da colisão feitas por uma câmera instalada no Porto de Baltimore mostram como o cargueiro de 300 metros de comprimento perde eletricidade e mergulha na escuridão diversas vezes antes do impacto.

Uma grande coluna de fumaça, aparentemente vinda das chaminés do navio, é expelida pela popa antes do desmoronamento, que ocorreu enquanto era visível a passagem de caminhões e veículos nesta ponte de mais de dois quilômetros de extensão.

O cargueiro Dali, de bandeira de Cingapura, saía de Baltimore com destino a Colombo, no Sri Lanka, e tem capacidade de carga de 95 mil toneladas. A ponte desabada faz parte do sistema de rodovias I-95, uma das rotas de transporte terrestre mais importantes e movimentadas dos Estados Unidos.

Pelo menos sete pessoas estão desaparecidas e duas foram resgatadas, embora o número de vítimas possa ser maior.

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp