22/02/2024 às 15h30min - Atualizada em 22/02/2024 às 15h30min

Lula acumula 19 pedidos de impeachment na Câmara

Número representa mais que o dobro que Bolsonaro teve no mesmo período

Da Redação
Pleno News

Presidente Lula Foto: EFE/ André Borges


BRASIL - Recentemente, Lula (PT) foi alvo do 19° pedido de impeachment desde que assumiu o mandato em janeiro de 2023. Ele passou a ser o presidente com mais requerimentos desse tipo nos primeiros 14 meses de governo. As informações são do jornal O Globo.

O número de pedidos contra o petista representa mais que o dobro do que Jair Bolsonaro (PL) teve no mesmo período.

Até mesmo os ex-presidentes que foram, de fato, destituídos do poder tiveram um ritmo menos intenso por parte da oposição no início de seus governos. No caso de Fernando Collor (1990-1992), foram apresentados dois pedidos nesse tempo. Até seu impeachment, o ex-mandatário somava 29, reportou o jornal.

Agora, o mais recente pedido de impeachment contra Lula bateu recorde de assinaturas com mais de 130 nomes de deputados federais que aprovam o início do processo de crime de responsabilidade. A deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) elaborou o documento com base no Artigo 5º da Lei 1.079/50 que diz ser razão para perda de mandato “cometer ato de hostilidade contra nação estrangeira, expondo a República ao perigo da guerra, ou comprometendo-lhe a neutralidade”.

O motivo para a perda do mandato seria a fala do petista que comparou a guerra em Gaza com o Holocausto judeu.

Até o final da manhã desta quarta-feira (21), 137 deputados haviam assinado o pedido de impeachment, o número é maior do que as 124 assinaturas registradas no pedido de impeachment contra Dilma Rousseff (PT).

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp